sexta-feira, 14 de Outubro de 2011 09:13h Atualizado em 14 de Outubro de 2011 às 09:24h. Flávia Brandão

Presença de Luzia Ferreira alavanca filiações no PPS

A inauguração do escritório político da deputada estadual Luzia Ferreira realizado há pouco mais de um mês, colaborou para a divulgação e fortalecimento do PPS na cidade. A comissão provisória presidida por Valéria Ferreira, teve mais de 100 adesões

A Comissão Provisória, que está reestruturando o PPS municipal desde agosto na cidade, já teve a adesão de mais de 100 novos filiados. De acordo com a presidente da sigla, Valéria Ferreira, a procura pelo partido foi feita de uma “forma espontânea” e um dos fatores, que alavancaram segundo ela essa procura pela sigla foi à instalação do escritório político da deputada estadual Luzia Ferreira (PPS), no início de setembro. Segundo Valéria entre os novos integrantes estão ex-membros do PSOL, PMN, PP e hoje a sigla tem 40 homens e 14 mulheres dispostos a disputar uma vaga no Legislativo Municipal.


Segundo Valéria Ferreira, o PPS apóia a reeleição de Vladimir Azevedo (PSDB) e tem a intenção de fazer pelo menos dois vereadores em 2012 com lançamento de 27 candidatos. A presidente conta que o partido está se reestruturando e teve a procura de aproximadamente 40 ex- membros do PSOL e cerca de 40 pessoas do PP e PMN. “Acho que a adesão foi muito grande, pelo pouco tempo que tivemos para trabalhar - praticamente dois meses - e conseguimos um grande número de filiações e pessoas de peso, com grandes chances de eleger pelos menos dois vereadores”, declarou.  


Valéria afirma ainda que o partido foi procurado inclusive por muitas mulheres. “Enquanto alguns partidos tiveram problemas para adesão feminina, nós tivemos uma procura grande de mulheres querendo vir para o partido por ser uma sigla que dá uma atenção diferenciada para a mulher, tanto a nível estadual onde temos deputadas, tem três vereadoras em Belo Horizonte, ou seja, faz um trabalho voltando para a mulher. Acredito que por isso tivemos mais facilidade de conseguir candidatas do sexo feminino”, declarou.


Valéria conta que a instalação de um escritório da deputada Luzia propiciou uma procura espontânea no partido porque fortaleceu e divulgou mais o PPS no município. “Houve a procura espontânea porque facilita bastante a comunicação, não fica restrito a Belo Horizonte. A Luzia está sempre vindo periodicamente à cidade para atender as pessoas, esse pessoal do PSOL, por exemplo, foi procura espontânea”, declarou.
A deputada Luzia Ferreira também destacou a aceitação do PPS em Divinópolis, que em pouco tempo conseguiu grande número de novos filiados e o número acima do que está previsto para composição de mulheres na chapa de vereadores. Ela avalia que a presença de seu  escritório político na cidade sinaliza que o partido irá fortalecer,  já que a liderança de uma deputada traz segurança e credibilidade para os novos filiados. “O partido está bem aceito e passando a credibilidade de sua permanência na cidade para decidir seus rumos dentro de um funcionamento democrático”, ressaltou.


Mulheres


Questionada pela presença das mulheres na política brasileira, Luzia Ferreira, que foi a primeira mulher a ocupar a presidência do Legislativo em Belo Horizonte, avaliou que ainda o Brasil tem um déficit democrático no que se refere a pouca participação das mulheres nos espaços de decisão do país. “Somos muito poucas no parlamento seja em âmbito municipal, estadual ou nacional. As mulheres são menos de 10% no Congresso Nacional, não conseguimos resolver isso ainda de dar mais voz e poder as mulheres nos espaços de decisão do país”, declarou.


Luzia ressaltou ainda que hoje as mulheres estão em todas as profissões, são mais escolarizadas, ocupam lideranças de bairros e associações e falta hoje ganharem o espaço na política brasileira. A deputada destacou que espera que a reforma política possa tornar as políticas mais igualitárias, já que o poderio econômico retira a mulher do espaço político. “Temos que inverter essa realidade e quero particularmente ajudar a viabilizar isso e começamos com essa chapa com participação expressiva de mulheres em Divinópolis”, declarou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.