segunda-feira, 20 de Abril de 2015 09:38h

Presidente do STF é homenageado com a Medalha da Inconfidência

Ricardo Lewandowski já foi presidente do TSE e ocupou interinamente a Presidência da República no ano passado

A solenidade de entrega da Medalha da Inconfidência, que acontece na terça-feira (21/4), vai homenagear o ministro Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), com a condecoração do Grande Colar – honraria mais alta concedida pelo Estado.

Lewandowski chegou ao STF nomeado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2006. Foi também presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de 2009 a 2011 e, neste cargo, comando as eleições gerais de 2010, quando defendeu a constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa. Ocupou interinamente o cargo de Presidente da República de 15 a 17 de setembro de 2014. Assumiu a presidência do STF em setembro do ano passado.

O homenageado nasceu em 11/05/48, na cidade do Rio de Janeiro, é casado com Yara de Abreu Lewandowski e tem dois filhos. Formou-se em Ciências Políticas e Sociais pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1971). Bacharelou-se também em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo (1973).

O presidente do STF é também mestre (1980), doutor (1982) e livre-docente em Direito do Estado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (1994). Nos Estados Unidos, obteve o título de Master of Arts, na área de Relações Internacionais (1981).

O homenageado com o Grande Colar já publicou três livros: Proteção dos Direitos Humanos na Ordem Interna e Internacional; Pressupostos Materiais e Formais da Intervenção Federal no Brasil e Globalização; e Regionalização e Soberania, além de inúmeros artigos e estudos científicos publicados em revistas acadêmicas no Brasil e no exterior.

Já recebeu vários títulos de cidadania e condecorações, destacando-se a Medalha da Ordem do Mérito Naval, a Medalha da Ordem do Mérito Militar, a Medalha da Ordem do Mérito Aeronáutico e a Medalha da Ordem de Rio Branco.

Sobre a solenidade

A Medalha da Inconfidência foi criada em 1952 e é a maior comenda concedida pelo Estado de Minas Gerais. Além do ministro, serão premiados médicos, professores, advogados, atletas, professores, reitores, empresários, artesãos e diversas outras autoridades.

A solenidade acontecerá na próxima terça-feira (21/4), às 10h, em Ouro Preto. O portal Agência Minas vai transmitir ao vivo a cerimônia. A lista completa dos agraciados pode ser conferida no jornal Minas Gerais através do link : http://jornal.iof.mg.gov.br/xmlui/handle/123456789/142233.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.