sexta-feira, 18 de Setembro de 2015 10:38h Atualizado em 18 de Setembro de 2015 às 10:47h. Jotha Lee

Programação para lançamento do Fórum Regional foi fechada ontem à tarde

Governador deve anunciar abertura de mil vagas mensais de internação pelo SUS

Uma equipe do cerimonial do governo do Estado chegou a Divinópolis ontem para fechar a programação do lançamento do  Fórum Regional Território Oeste, que acontece hoje a partir das 9h, na sede do Espaço Cultural Da Vinci, no Bairro Belo Vale. À tarde, uma reunião no auditório da Associação dos Municípios do Vale do Itapecerica (Amvi), finalizou os preparativos para o evento, cuja abertura está marcada para as 10h, com o pronunciamento do governador Fernando Pimentel. Da reunião participaram organizadores do evento, Polícia Militar e o vereador Edimilson Andrade, único petista na Câmara Municipal.
De acordo com a programação oficial do evento, finalizada na reunião de ontem, às 9h haverá o credenciamento  dos participantes e a abertura oficial somente acontecerá às 10h, quando o governador Fernando Pimentel fará um pronunciamento que terá duração de 20 minutos. O governador chega a Divinópolis de helicóptero e seguirá direto para o local do evento. Não há previsão para entrevista coletiva à imprensa, que deverá ser definida pela assessoria do governador após sua chegada.
De acordo com a Secretaria de Governo (Segov), hoje acontece a primeira etapa do Fórum Regional de Governo – Território Oeste. Essa é a 16ª  instalação de Fórum Regional dentre os 17 territórios de desenvolvimento em que o estado foi dividido. O Território Oeste reúne 54 municípios, com uma população de mais de um milhão de habitantes. A região representa 5,2% do PIB total de Minas Gerais e sua produção agropecuária é representada pelo leite, café arábica e milho (em grão).
A região possui a terceira menor taxa de pessoas em situação de pobreza em Minas Gerais. Também é a terceira em cobertura pré-natal e alcança a sétima menor taxa de mortalidade infantil. Porém, um dos grandes desafios é a redução da taxa de crimes violentos, que é a quarta maior do estado.

 

FÓRUNS REGIONAIS
Segundo a Segov, os Fóruns Regionais têm por objetivo marcar oficialmente a participação popular na elaboração, execução, monitoramento e avaliação de políticas públicas regionalizadas. A população de cada território é convidada, periodicamente, a participar de reuniões, debates, assembleias, grupos de trabalho, câmaras temáticas, dentre outros instrumentos, que deverão garantir espaços democráticos,
Ainda de acordo com a Segov, o principal objetivo é subsidiar o planejamento e as ações de Governo para a promoção do desenvolvimento econômico e social. Nesse primeiro ano, os Fóruns vão fazer o levantamento de prioridades de cada território para que os dados possam orientar a elaboração do PPAG (Plano Plurianual de Ações Governamentais), PMDI (Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado) e LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias).
A Segov informa, ainda, que os Fóruns serão articulados de forma a envolver representantes do Governo do Estado, de órgãos federais de expressão regional, prefeitos, vereadores, entidades empresariais e sindicais e representações do poder legislativo estadual e federal. Representantes da sociedade civil serão maioria nos colegiados executivos.

 

SÃO JOÃO DE DEUS
Nos lançamentos dos Fóruns Regionais ocorridos até agora, o governador Fernando Pimentel fez questão de anunciar investimentos nas cidades. Para hoje, é aguardado o anúncio da liberação de recursos para a continuação das obras do Hospital Público Regional, previsto para ser entregue no ano que vem.
De acordo com o vereador Edimilson Andrade, o governador também deverá anunciar recursos para o Hospital São João de Deus e para a segurança pública. “Tenho certeza que o governador trará boas e boas notícias, principalmente na área de segurança. São mais de três mil policiais sendo contratados agora pelo Estado, 1.600 para o interior, além de novas viaturas”, informou. “Também tenho certeza que ele falará sobre os novos investimentos para o Hospital São João de Deus, que vão possibilitar a abertura de 20 novas vagas para CTI, mais de mil vagas mensais para internações pelo SUS, e a Sala Vermelha, que é um pronto-socorro de última geração, que pode atender pacientes graves e vítimas de acidentes. Estamos ansiosos para ouvir isso do governador. Chegou nossa hora de ouvir boas notícias”, finalizou.

 

Créditos: Gabinete Edimilson Andrade

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.