quarta-feira, 19 de Dezembro de 2012 04:09h Carla Mariela

Projetos polêmicos não entram em pauta na Câmara Municipal

Os projetos polêmicos que fizeram com que houvessem manifestações no plenário não foram votados ontem na Casa.

A Reunião Ordinária, que ocorreu ontem no plenário legislativo de Divinópolis, se iniciou com o uso da tribuna livre, por meio da presidente do Partido Verde (PV), Íris Moreira, que discorreu sobre os trabalhos desenvolvidos pela vereadora Dra. Heloísa Cerri (PV). Após o discurso da tribuna, os pronunciamentos parlamentares começaram com o vereador Edson Sousa (PSB) e depois dos demais vereadores. As propostas de lei polêmicas que geraram as manifestações no legislativo não entraram em votação, como por exemplo, venda de imóveis municipais, aumento de salário dos vereadores, dentre outros.
O vereador Edson Sousa afirmou durante o seu pronunciamento que está elaborando um projeto para que a Casa Legislativa não assine mais os jornais impressos do Município de Divinópolis. Para ele, se alguém quiser ver alguma matéria de algum jornalista que cobre as reuniões do Poder Legislativo, poderá via internet. Ainda durante o seu discurso, Edson Sousa, falou sobre o valor pago pelo prefeito da cidade para a Diviprev “A coisa está muito mais preocupante do que se imagina. Vou deixar de ser vereador, mas não vou deixar de ser cidadão”, disse.
O parlamentar Adair Otaviano (PMDB), abordou o tema saúde. “A saúde dentro da nossa cidade vai mal e mesmo que nós cobrando e falando sobre as dificuldades quase nunca são solucionados. Aqui temos casos de pessoas que chegam até o pronto socorro necessitam fazer cirurgia ortopédica, mas que ficam esperando por atendimento”, relatou. 
Beto Machado (PSDB), destacou que depois de dez anos aguardando a reforma do Ginásio em Ermida se iniciou, sendo que na próxima quinta-feira haverá a inauguração para que os jovens, para aqueles que praticam esporte, possam usufruir do Ginásio.
A vereadora Dra. Heloísa Cerri (PV), agradeceu a presidente do seu partido, Íris Moreira, que fez o uso da tribuna livre e comentou sobre questões que ainda não foram solucionadas em Divinópolis.
O parlamentar Roberto Bento (PTdoB), ao se pronunciar disse que vai fechar o seu mandato com a consciência tranquila. “Nós cumprimos o nosso dever com a realização de vários projetos na área de saúde, meio ambiente, dentre outros. Sou contra o projeto da venda de imóveis”, afirmou.
Dando sequência aos trabalhos, os projetos que foram colocados para serem votados receberam o pedido de vista. O projeto de número EM 089/2012 que foi incluído na pauta do dia dando nova redação ao artigo 2º da lei 3.780 de 95, que autoriza o Município a participar do Consórcio Intermunicipal de Saúde da região do Vale Itapecerica; constam oito assinaturas. O projeto foi aprovado com 11 votos favoráveis. Ao término da reunião, Saleme, disse que na próxima sexta, às 16hs haverá a prestação de contas do Poder Legislativo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.