segunda-feira, 9 de Julho de 2012 14:41h Carla Mariela

PSDC entrega documento da chapa proporcional fora do prazo estabelecido

Quinta-feira foi o último dia estabelecido para que os partidos políticos e as coligações apresentassem para o Cartório Eleitoral, o requerimento de registro de candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereadores, após as convenções partidárias realizadas por cada um. Embora alguns representantes dos partidos políticos tenham comparecido no local para a entrega da documentação, o PSDC não realizou a entrega do requerimento no Cartório Eleitoral, da chapa proporcional no prazo estabelecido.

 


Antes do início de uma palestra sobre propaganda eleitoral que foi realizada na Câmara Municipal, dia anterior à entrega dos registros, o Juiz Eleitoral, Dr. Mauro Riuji Yamane, ressaltou que os representantes dos partidos que iriam comparecer ao Cartório para a entrega da documentação tinha que ficar atentos ao horário, uma vez que caso atrasassem, seriam prejudicados.

 

O primeiro partido que chegou ao local foi o Partido Verde (PV), da candidata à prefeitura Dr. Heloísa Cerri. A candidata chegou acompanhada pelo seu vice-candidato Edson Sousa e a presidente do PV, Íris Moreira. Eles chegaram por volta de 17hs15min; para registrar a chapa. Depois da chegada do PV, os representantes dos partidos PR e PRB, chegaram para apresentar a ata. Após a chegada desses três partidos, chegaram às lideranças dos partidos PSOL, PSDB, PT, dentre outros.

 

Os candidatos da chapa majoritária que já tinham confirmado a candidatura por meio da convenção, que estavam presentes na entrega da ata, foram: Heloísa Cerri (PV), Jorge Torquato (PSOL), Vladimir Azevedo (PSDB) e o vice-candidato junto com Heloísa Cerri, Edson Sousa (PSB).

 

O representante do partido do PSDC, de Rinaldo Valério, ao entregar a documentação, fez a entrega da chapa majoritária, porém, saiu do local e ao retornar para fazer a entrega do requerimento da chapa proporcional, chegou atrasado e fora do prazo estabelecido.

 

Ao verificar se houve realmente, o fato do partido PSDC, ter atrasado ao entregar a ata, a servidora Cíntia Faria, disse que o fato ocorreu sim. “Os partidos teriam, que trazer o requerimento do registro dos candidatos. O PSDC coligou para a majoritária e para a proporcional. Na majoritária, a coligação foi o PSDC, com o PMDB e PTN; e o requerimento de registro da majoritária foi entregue, mas a proporcional o PMDB pediu o registro isolado e a outra coligação que foi formada para a proporcional trouxeram os documentos após as 19hs. Por determinação do Juiz e pela legislação, eles não puderam entrar com a documentação, mas eles ainda podem fazer os requerimentos individuais. Cada candidato pode apresentar o requerimento individual e o prazo para isso é até 48hs depois da publicação do edital pela Justiça Eleitoral”, esclareceu.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.