terça-feira, 16 de Outubro de 2012 12:30h Gazeta do Oeste

PT promete retomar debate sobre regulação do setor de comunicação do país

 O PT anunciou nessa segunda-feira que após o segundo turno das eleições municipais pretende retomar o debate sobre a regulação do setor de comunicação no país. “É uma agenda do PT e das esquerdas. O debate vai ser retomado”, afirmou ao Estado o secretário de Comunicação do PT, deputado federal André Vargas (PR).

Os petistas, que insistem no tema do controle social da mídia, consideram que os meios de comunicação exageram no volume de informações publicadas a respeito da condenação da cúpula do partido durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na última semana, os ex-presidentes do PT José Dirceu e José Genoino e o ex-tesoureiro Delúbio Soares foram condenados por corrupção ativa no julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal.

Vargas disse que não se conforma com reportagem publicada pela revista Veja há cerca de 20 dias, segundo a qual o empresário Marcos Valério Fernandes de Souza afirmou a amigos e familiares que o ex-presidente Lula tinha conhecimento do mensalão e o esquema teria movimentado um total de R$ 350 milhões.

Desde então, iniciou-se dentro do PT um movimento para que o partido volte a tratar da necessidade de fazer a regulamentação da mídia. Vargas chegou a dizer que o comportamento da mídia na véspera da eleição ameaçava a democracia. No partido, há críticas também sobre a transmissão ao vivo das sessões do Supremo Tribunal Federal do julgamento do mensalão. “O Brasil é o único país do mundo que transmite sessão do STF ao vivo”, criticou Vargas. O tema controle social dos meios de comunicação costuma constar de resoluções oficiais do PT, que, no entanto, nega que seja contra a liberdade de imprensa.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.