terça-feira, 7 de Outubro de 2014 08:09h Atualizado em 7 de Outubro de 2014 às 08:36h.

Quase metade dos deputados eleitos nasceu na Região Central

Por outro lado, próxima legislatura não terá nenhum deputado nascido no Noroeste de Minas.

A maior parte dos deputados eleitos para a 18ª Legislatura na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nasceu na Região Central do Estado. Do total de 77 deputados estaduais eleitos, 35 nasceram nessa região administrativa, que é também a mais populosa do Estado e portanto, concentra o maior número de votos válidos nesta eleição: 3.570.198.

Na Região Central, está situada a Região Metropolitana de Belo Horizonte, com três das cidades mais populosas do Estado: a Capital, Contagem e Betim. Considerando os 10.346.814 votos válidos do Estado nesta eleição, a região tem 34,5% do total, mas 45,5% dos deputados da próxima legislatura nasceram nessa região.

Bem atrás vem o Sul de Minas, com 1.437.320 votos válidos (13,9% do total) e oito deputados eleitos nascidos na região (10,3% do total). Na Zona da Mata, onde se registraram 1.199.645 votos válidos (11,5% do total), elegeram-se deputados sete pessoas nascidas na região (9% do total). O Triângulo Mineiro, com 793.764 votos válidos (7,6% do total), conseguiu eleger seis pessoas nativas da região (7,7% do total de deputados).

Mesmo com eleitorado maior que o Triângulo, o Vale do Rio Doce (863.628 votos válidos) elegeu deputados quatro pessoas nascidas na região. O mesmo ocorreu com o Norte de Minas, que registrou 827.561 votos válidos nesta eleição.

Já o Alto Paranaíba elegeu três parlamentares, tendo apenas 357.948 votos válidos. Duas regiões com maior quantidade de votos válidos - Centro-Oeste (612.091) e Jequitinhonha/Mucuri (485.066) – ficaram com dois deputados cada.

Na próxima legislatura não há nenhum deputado nascido na região Noroeste, menos populosa e com menor quantidade de votos válidos (199.593). Por outro lado, seis parlamentares eleitos nasceram em outros Estados: três em São Paulo, um no Rio de Janeiro, um no Espírito Santo e um na Bahia.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.