quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2015 13:08h

Quatro novos deputados tomam posse na Assembleia de Minas

Entre os novos parlamentares, que ocupam vagas abertas por deputados nomeados para secretarias, estão duas mulheres

Em cerimônia realizada na tarde desta quarta-feira (4/2/15), no Plenário, quatro novos deputados tomaram posse na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Os novos integrantes do Parlamento estadual são Geisa Teixeira (PT), Tony Carlos (PMDB), João Alberto (PMDB) e Cristina Corrêa (PT), suplentes pela coligação Minas para Todos. Eles assumem as vagas abertas com a saída de deputados nomeados para secretarias de Estado, aumentando para sete o número de parlamentares da bancada feminina. Os que se afastaram para ocupar secretarias são os deputados Paulo Guedes (PT), que assume a pasta de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas, e seu colega de partido André Quintão, nomeado para a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social. Além deles, também foram nomeados secretários os deputados Sávio Souza Cruz e Tadeu Martins Leite, ambos do PMDB, que assumem, respectivamente, as pastas de Meio Ambiente e de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana.

Para a solenidade de posse, o presidente da ALMG, deputado Adalclever Lopes (PMDB), interrompeu a Reunião Ordinária de Plenário. Após a composição da mesa, que contou com representantes dos três Poderes do Estado, e a execução do Hino Nacional, a deputada Geisa Gomes leu o compromisso de posse, prometendo “defender e cumprir as Constituições e as leis da República e do Estado, bem como desempenhar, leal e honradamente, o mandato confiado pelo povo mineiro”. Logo após, assinou o termo de posse, sendo seguida pelos outros três colegas.

Além do presidente Adalclever Lopes e do 1º-secretário Ulysses Gomes (PT), participaram da mesa, entre outras autoridades, os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha, e de Ciência e Tecnologia, Miguel Corrêa, o desembargador Herbert Carneiro e o deputado federal Gabriel Guimarães (PT-MG).

Concluída a solenidade, os novos deputados receberam os cumprimentos e foram retomados os trabalhos da Reunião Ordinária. Após atender a pedido de recomposição de quorum, a Mesa anunciou a formação do bloco parlamentar que vai compor a base de sustentação do governo, formado por sete partidos: PT, PMDB, Pros, PRB, PCdoB, PTdoB e PR.

Confira o perfil dos quatro suplentes:

Geisa Teixeira - Atuou na criação de cursos profissionalizantes, oficinas culturais e esportivas e ações de reinserção social para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade em Varginha (Sul de Minas), onde foi presidente da Fundação CDCA (Centro de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente), entre 2001 e 2008. Também trabalhou pela contratação de equipes multidisciplinares nas creches da cidade para que as instituições pudessem receber crianças com deficiência. É graduada em Serviço Social e pós-graduada em Gestão de Responsabilidade Social. É viúva do ex-prefeito de Varginha Mauro Teixeira, eleito em 2000 e reeleito em 2004.

Tony Carlos - Assumiu o cargo de deputado estadual na ALMG como suplente do deputado José Henrique (PMDB) na 17ª Legislatura (2013-2015). Em Uberaba (Triângulo Mineiro), foi vereador por seis mandatos e coordenador regional do PMDB. Em 1988, quando conquistou o primeiro mandato, foi o vereador mais jovem do País, eleito com apenas 23 anos. É jornalista e radialista.

João Alberto - É advogado e tem forte atuação em temas ligados à juventude, tendo sido conselheiro estadual da Juventude entre 1999 e 2002. Também foi presidente estadual e nacional da juventude do PMDB e atualmente é membro da direção do partido em Minas Gerais. Entre 2004 e 2006, foi secretário-adjunto de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana, e, em 2007, diretor-presidente da Ceasa Minas. Em 2013, atuou como secretário de Produção e Agroenergia do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento. João Alberto segue os passos do pai, João Bosco Murta Lages, ex-deputado estadual e conselheiro de Tribunal de Contas do Estado.

Cristina Corrêa - É professora, irmã do deputado federal Miguel Corrêa (PT-MG), que é atualmente secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Atuou como coordenadora de campanha do parlamentar desde o primeiro mandato, a partir de 2007. Com formação em História, tem MBA em Gestão Pública e Responsabilidade Fiscal. É filiada ao PT desde 2005, tendo sido secretária de Formação do partido em Santa Luzia (RMBH).

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.