quinta-feira, 16 de Maio de 2013 08:01h Carla Mariela

Recadastramento Biométrico

O atendimento do novo sistema de votação começou pela manhã com a presença da população e de lideranças políticas

O recadastramento biométrico em Divinópolis iniciou ontem, pela manhã, no Cartório Eleitoral situado na Avenida Sete de Setembro, 818, no centro. Estiveram presentes na solenidade de abertura do cadastro, o prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), o juiz eleitoral Dr. Mauro Riuji Yamane, o assessor de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE/MG), Rogério Tavares, o corregedor regional eleitoral de Minas Gerais, Wander Marotta, dentre outras autoridades. Enquanto alguns eleitores já estavam sendo atendidos internamente, do lado de fora outros eleitores aguardavam a vez de serem chamados.

Este método digital, que servirá para as próximas eleições no município, já foi implantado em cidades menores como, por exemplo, Curvelo. A notícia de que Divinópolis seria mais uma das cidades contempladas com o sistema foi dada pessoalmente no gabinete do prefeito Vladimir Azevedo, pelo presidente do TRE/MG, Antônio Cruvinel.

Durante a abertura para o recadastramento, o Juiz Eleitoral, Dr. Mauro Riuji Yamane, relatou que desde quando assumiu como juiz da 103ª zona eleitoral e como juiz diretor do Foro eleitoral, em abril de 2012, já tinha consciência da grandiosidade e dificuldade que teria pela frente.
Conforme Riuji, durante a caminhada das eleições municipais, houve a mudança de endereço das zonas eleitorais, os registros de candidaturas, as análises da propaganda, a fiscalização, dentre outras atividades. Ainda segundo o juíz, recentemente houve o anúncio da instalação futura da nova zona eleitoral e a partir de agora haverá o recadastramento biométrico.

Para ele, o recadastramento é fundamental porque, além de ser uma revisão eleitoral, o eleitor que não comparecer para o cadastro perderá os seus direitos políticos e terá o seu título eleitoral cancelado. Riuji conclama toda a população a não deixar de fazer o recadastramento.

O corregedor regional eleitoral de Minas Gerais, Wander Marotta, afirmou que Divinópolis foi escolhida pelo grande eleitorado que possui e pela importância da cidade dentro do contexto estadual. O corregedor informou que este trabalho que está sendo feito em Divinópolis é o mesmo que será realizado futuramente em Belo Horizonte. “Nós já fizemos este sistema de biometria em cidades menores e agora já temos condições de atender as maiores. O objetivo principal é a segurança e a celeridade, ou seja, quanto mais rápido e seguro apurar as eleições, melhor será. Este sistema impede praticamente as fraudes”, enfatizou.

O prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), após ter se cadastrado ontem, disse que o Brasil conseguiu com muita maturidade e com a luta de muitos por uma democracia mais consolidada. Para ele, a justiça eleitoral do Brasil é um orgulho e até exemplo para o mundo neste processo biométrico, no qual para ele, é mais seguro. “Depende de cada um de nós fazer o recadastramento com as nossas digitais, apresentando os nossos dados, uma vez que Divinópolis é a maior cidade de Minas Gerais que terá este processo na sua totalidade nas eleições do ano que vem”, afirmou.

A coordenadora da  Zona Eleitoral 103ª, Cíntia Greco, explicou como é sendo realizado o atendimento. Segundo ela, a meta é que as pessoas contratadas pela justiça eleitoral consigam atender aproximadamente 1.200 pessoas por dia. O recadastramento será até o dia 29 de novembro, mas conforme Greco, caso houver um acúmulo do serviço possivelmente terá plantão nos finais de semana.
Sobre a possibilidade de agendamento para a realização do cadastro, ela salientou que a secretaria de informática já está analisando um sistema de agendamento, que possivelmente será implantado a partir de junho.

O eleitor deve apresentar um documento oficial de identificação: carteira de trabalho, identidade. É aceito também certidão de nascimento ou de casamento, comprovante de residência a partir do dia 15 de fevereiro deste ano, CPF e título de eleitor.
Também estavam presentes, ontem no cartório, o presidente da câmara Rodyson Kristnamurti (PSDB), o deputado estadual, Fabiano Tolentino, o Juiz Dr. Orlando Israel, o Juiz Dr. Rafael Afonso de Andrade, vereadores de Divinópolis, dentre outras autoridades.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.