quarta-feira, 25 de Novembro de 2015 10:32h

Rede Legislativa de TV Digital fortalece canais legislativos

Assinatura de convênio com Câmara dos Deputados e Câmara de Juiz de Fora será nesta quarta (25), no Salão Nobre da ALMG

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizará, na próxima quarta-feira (25/11/15), a partir das 17 horas, no Salão Nobre, solenidade de assinatura de acordo de cooperação técnica com a Câmara dos Deputados e a Câmara Municipal de Juiz de Fora (Zona da Mata). O objetivo é inserir o município na Rede Legislativa de Televisão Digital. A partir daí, as três instituições passam a compartilhar o sinal digital em seus canais de TV.

A fim de multiplicar a Rede Legislativa de Televisão Digital e disseminar a programação, a Câmara dos Deputados está consolidando acordos com Câmaras Municipais e Assembleias Legislativas por todo o país. A transmissão digital permitirá a abertura dos sinais dos canais de TV dos Parlamentos brasileiros. A novidade é que a Rede Legislativa conta com o recurso da multiprogramação, que possibilitará levar ao ar até quatro canais de maneira independente, cada um com 24 horas de programação disponível, e usando apenas um transmissor.

O presidente da Assembleia, deputado Adalclever Lopes (PMDB), destaca o pioneirismo do uso da tecnologia digital para ampliar o alcance do sinal da televisão legislativa. Para ele, a emissora cumpre um papel fundamental no momento em que se reafirma o empenho do Poder Legislativo em buscar a participação popular e o aprimoramento da cultura política do cidadão mineiro. "A parceria com as câmaras e os demais entes federais sinaliza a união de esforços para ampliar o alcance da comunicação. Ao mesmo tempo, racionaliza o uso do recurso público para cumprir o objetivo nobre de universalizar a informação e o conhecimento produzido no Parlamento", avalia o presidente.

O diretor de Comunicação Institucional da ALMG, Rodrigo Barreto de Lucena, explica que as emissoras da rede compartilham infraestrutura e, assim, reduzem os custos de operação. "A tecnologia da TV digital permite à Assembleia e às câmaras municipais utilizar uma única infraestrutura de transmissão, o que torna a expansão da emissora do Legislativo muito mais barata e acessível. O modelo, intermediado pela Assembleia, prevê também a parceria da TV Câmara (dos Deputados) e da TV Senado. Isso é possível graças ao recurso da multiprogramação, que nos dá a possibilidade de transmitir quatro programações, separadamente”, ressalta.

Rodrigo Lucena informa, ainda, que o projeto poderá contribuir para enriquecer a programação das distintas emissoras, por meio do compartilhamento de conteúdo. “Esse projeto, denominado Rede Legislativa de Televisão Digital, tem se espalhado por todo o País e vai permitir que os legislativos possam compartilhar, além do canal, serviços especializados e produção de audiovisual para enriquecer a grade de programação das emissoras", aponta. Segundo ele, a Rede Legislativa é a primeira grande experiência de uso da multiprogramação e já está em funcionamento em Belo Horizonte, no canal 61; Uberaba (61) e Uberlândia (45), no Triângulo mineiro; e Sete Lagoas (60), na Região Central do Estado. Juiz de Fora e, em seguida, Montes Claros (Norte de Minas), Pouso Alegre e Varginha (ambas no Sul de Minas) devem ser os próximos municípios a instalar o sistema.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.