quarta-feira, 6 de Novembro de 2013 04:51h

Reserva de vagas em estacionamentos para gestantes

A lei 092/2013, de autoria do vereador Nilmar Eustáquio (PP), visa à reserva de vagas em estacionamentos de shopping centers, centros comerciais, hipermercados e supermercados para gestantes, em Divinópolis.

A lei 092/2013, de autoria do vereador Nilmar Eustáquio (PP), visa à reserva de vagas em estacionamentos de shopping centers, centros comerciais, hipermercados e supermercados para gestantes, em Divinópolis.

 


Conforme justificativa do projeto do parlamentar tem mulheres em fase de gravidez, e esta tem a mobilidade reduzida e requer cuidados especiais, porque passa por um processo de mudanças física, emocional e hormonal, ganha peso, tem dilatação abdominal, inchaço dos pés e mãos, aumento de mamas, gerando cansaço e desconforto.

 


De acordo com Nilmar Eustáquio, além disso, tem mulher que cuida da casa, mesmo grávidas e a maioria das mulheres vê-se na necessidade de fazer pessoalmente as compras da família, conduzindo muitas vezes crianças e transportando bolsas, sacolas e volumes pesados. “O presente projeto tem por objetivo proporcionar facilidades de acesso e mobilidade de gestantes mediante a reserva de vagas de estacionamento em área próxima às entradas principais desses estabelecimentos”, afirmou.
Para ele, trata-se de uma matéria de interesse público e de alcance social, e por isso ele solicita apoio dos demais vereadores para a aprovação da matéria. O vereador Edmar Rodrigues (PSD) pediu sobrestamento do projeto e da emenda de até 15 dias.

 

Matérias lidas no expediente:

 


O projeto de lei de número CM 126/2013, lido no expediente, de autoria do vereador Anderson Saleme (PR), dispõe sobre a obrigatoriedade de incluir nos cardápios dos restaurantes, bares, lanchonetes e assemelhados que sirvam ou comercializem bebidas alcoólicas a seguinte expressão: “Se beber não dirija. Bebida e volante não combinam”. Outro projeto de Saleme lido no expediente durante reunião ordinária, ontem, foi sobre a criação de condicionantes na concessão de alvarás para eventos de qualquer natureza em Divinópolis, referente à obrigatoriedade de limpeza do local. O projeto é o de número CM 127/2013.

 


Além dos projetos de Saleme lidos no expediente outras duas propostas lidas foram: projeto CM 141/2013 do Adilson Quadros (PSDB) que denomina Desdedith Afonso Carrilho, a rua um, no bairro Chácaras do Inhame, no município. O outro é o CM 146/2013, do Rodrigo Kaboja (PSL), que tem como objetivo a descaracterização e novo zoneamento das quadras nos 20 e 21, da zona número 20.

 

Edimar Máximo

 


O projeto de lei, do vereador Edimar Máximo (PHS), de número CM 085/2013 altera o caput e o parágrafo único do artigo 3º, caput do artigo 5º, revoga o parágrafo único do artigo 5º e altera o inciso II do artigo 7º da lei nº 5.207 de 23 de novembro de 2001, que dispõe sobre a declaração de utilidade pública. O autor pediu vista da lei até a próxima reunião.

 

Tribuna Livre

 


O tribuno e ambientalista, Marcos Antônio Vilela, falou sobre uso e ocupação do solo. Ele iria usar o data show no plenário para mostrar áreas de grandes proporções, áreas de momentos de cheias devido chuvas que aflige as áreas urbanas, que são áreas de risco, e para ele o governo insiste de não enxergar isso, uma vez que há famílias desesperadas. “Fico indignado que após ouvir o hino de Divinópolis, fala que colhemos o que plantamos, estamos colhendo, mas dentro deste crescimento desordenado por erro do passado e estamos pagando por isso. De 40 anos para cá, Divinópolis não houve sequer uma política organizada”, enfatizou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.