sábado, 14 de Abril de 2012 08:36h Atualizado em 14 de Abril de 2012 às 09:41h. Carla Mariela e Marina Alves

Reunião debate logística em Divinópolis

A reunião aconteceu na Fiemg e contou com a presença de autoridades e empresários para debaterem investimentos em logística, com ênfase nas melhorias no aeroporto Brigadeiro Cabral

Prefeito une iniciativa pública e privada para trazer investimentos ao aeroporto de Divinópolis


O encontro serviu para que autoridades e empresas solucionem a questão logística aeroportuária
                                                                                        
Ontem, dia 13, foi realizada pela manhã, no auditório da Fiemg/MG, uma reunião do prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), com o Deputado Federal Domingos Sávio (PSDB), a Deputada Luzia Ferreira (PPS), os vereadores que estavam presentes representando a Câmara Municipal de Divinópolis, Beto Machado (PSDB), o Pastor Paulo César (PRB), e empresários, com objetivo de fazer com que o aeroporto da cidade ganhe business parque, no qual apresentará um espaço privado, porém com o apoio de ações executivas e públicas.
De acordo com o prefeito Vladimir, o mundo dos negócios hoje e sua competitividade é globalizada. “Nós temos que estar preparados nessa competitividade para inserir Divinópolis cada vez mais em caráter do fluxo de distribuição da produção para termos atração de investimentos, isso passa pela logística aeroportuária, aeroviária, rodoviária e ferroviária, e isso nós vamos discutir, pois temos gargalos, nós superamos vários aeroportos em termos estruturais e temos agendas positivas para que ele seja otimizado a curto e médio prazo. Nós temos o “porto seco” que precisa ser dinamizado e isso depende de gargalos ferroviários na Serra do Tigre e em outros pontos para chegarmos ao porto de Itaguaí e criarmos uma nova alternativa logística para Divinópolis e região Centro-Oeste Mineiro. Temos um aspecto ferroviário de estarmos trabalhando para a duplicação das nossas ferrovias e para integrarmos cada vez mais os eixos das rodovias federais e temos ainda a questão portuária, pois Divinópolis está longe dos portos, mas além dessa ligação com o porto de Itaguaí no Rio que depende de investimentos ferroviários no pequeno trecho da Serra do Tigre, temos o desejo da implantação do “porto seco”em Divinópolis”, esclareceu.
Conforme o Deputado Federal, Domingos Sávio, é importante que haja união em relação à proposta aeroportuária. “Precisamos unir os esforços, não se pode esperar desenvolvimento especialmente envolvendo indústria, geração de empregos, comércio, transporte, sem você unir essas duas pontas que é a iniciativa privada e o setor público. O setor público deve apoiar, mas ele não é o protagonista do processo, hoje, por exemplo, nós vemos o caminho contrário, pois o próprio Governo Federal, o Governo do PT que sempre falou contra as privatizações, hoje ele reconheceu e privatizou os maiores aeroportos do Brasil, aqueles que efetivamente tem uma receita grande, como o de Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, são estruturas que possuem realmente um volume grande de receita com as taxas de embarque com todas as operações que existem ali. Nós entendemos que o Brasil tem que evoluir, unindo a iniciativa privada com o poder público, pois é essa união que faz com que o Brasil venha a ser de fato uma das maiores potências do mundo”, afirmou.
Domingos Sávio acrescentou durante a entrevista que a reunião serviu para unir governos tanto dos Municípios, do Estado e da União, com investidores que possam fazer com que o aeroporto de Divinópolis melhore cada vez mais. Para ele, o que precisa ser feito é a iniciativa privada verificar e implantar na cidade no entorno do aeroporto, as indústrias, empresas que vão gerar empregos e aproveitar a facilidade desse aeroporto bem estruturado em um local adequado para que ele não fique um aeroporto que aterrisse uma ou outra aeronave de vez em quando.
Ao ser entrevistada, a Deputada Luzia Ferreira, disse que Divinópolis tem uma ótima localização da região centro-oeste. “Divinópolis tem uma malha rodoviária e é um polo importante do ponto de vista ferroviário com o transporte de cargas e tem um aeroporto subutilizado, são características, que colocam o aeroporto da cidade, a sua revitalização de extrema relevância com o desenvolvimento econômico da cidade e apoiar inclusive, cidades próximas que também apresentam essas demandas como Nova Serrana com o polo calçadista, aqui o polo de vestuário e também na área industrial, ou seja, são questões que colocam Divinópolis de forma privilegiada, eu acho que está subaproveitada e é até hoje um entrave para que Divinópolis possa crescer economicamente, porque essa junção de ser um aeroporto de cargas, de passageiros, e também semi-industrial, eu acho que vai dinamizar muito o desenvolvimento da cidade. Parabenizo a Prefeitura, a iniciativa privada que está se dispondo a investir aqui. O poder público não tem recursos para investir em infraestrutura, mas ele tem a capacidade de fazer a regulação e acompanhamento”, declarou.
Várias empresas se propuseram a contribuir com o setor público para que que a logística do aeroporto e das ferrovias seja concretizada. As empresas participantes da reunião foram: Vale, FCA, Intergritate – IRE-SA, YKS/Macrologística, dentre outras. 

 

Logística Aeroportuária e Aviação Executiva

A aviação na cidade de Divinópolis foi o tema da primeira etapa do encontro na Fiemg. Na reunião, estavam presentes representantes de empresas de logística, pessoas ligadas a aviação, empresários da região e autoridades políticas. Na reunião, foi discutida a atual situação do Aeroporto Brigadeiro Cabral e a intenção de ampliar os serviços no aeroporto e a possibilidade de se instalar companhias de voo.
O Governo do Estado está realizando uma obra no Aeroporto, com a instalação do terminal de passageiros, que está sendo concluída. Domingos Sávio, coordenador da reunião, afirmou que a infraestrutura do aeroporto está preparada e ressalta o apoio da iniciativa privada “A infraestrutura está pronta. Precisamos  que a iniciativa privada enxergue isso, e venha para Divinópolis implantar no entorno do aeroporto indústrias e empresas que irão melhorar a região”.
Durante a reunião, as autoridades presentes ressaltaram a importância de Divinópolis como cidade polo no Centro-Oeste mineiro e falaram sobre o projeto de ampliar os serviços oferecidos pelo aeroporto, com o apoio do Governo do Estado, da Prefeitura de Divinópolis e do interesse de empresas e investidores que irão atuar na ampliação dos serviços prestados pelo aeroporto.
Para Lílian Notini, piloto, a aviação em Divinópolis é importante para o crescimento da cidade: “Eu e minha família somos usuários do aeroporto, aprendemos a pilotar aqui, e participamos da vida ativa da aviação em Divinópolis. Minha intenção é ajudar com os dados técnicos, para trazer mais infraestrutura para a aviação aqui da cidade. Enxergamos na reunião de hoje um encontro histórico, que colocou todos os interessados, como os empresários e políticos da esfera municipal, estadual e federal, para trabalhar em prol do aeroporto. A reunião é um grande marco para desenvolvermos a aviação em Divinópolis”, afirma Lílian.
O terminal de passageiros do aeroporto Brigadeiro Cabral será inaugurado na data no aniversário de cem anos da cidade de Divinópolis, pelo Governador do estado, Antônio Anastasia.

Terminal Intermodal da Ferradura

No período da tarde, outra reunião aconteceu, no auditório da Fiemg. Houve maior participação de empresários, de pessoas ligadas a empresas que trabalham com logística e ferrovias. A reunião foi coordenada pelo Deputado Federal Jaime Martins, e também contou com a participação de autoridades políticas da cidade.
Na reunião, foram abordados temas ligados a questão ferroviária na cidade de Divinópolis e em toda a região, e a história da cidade e sua tradição no meio ferroviário. Também foi debatida a questão da mobilidade urbana, e da capacidade da cidade de melhorar as condições de transporte, através do apoio de iniciativas públicas e privadas. De acordo com o representante de uma empresa do setor, Divinópolis possui um modal rodoviário atraente, e Minas Gerais irá investir muito no setor. 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.