terça-feira, 10 de Abril de 2012 10:47h Carla Mariela

Rodrigo Resende busca pré-candidatura pelo PDT

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Resende, se afastou do cargo de secretário na última quarta-feira e colocou o seu nome a disposição do partido PDT para que o partido possa lançar a sua pré-candidatura

O Secretário de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Resende, deixou o seu cargo no executivo municipal, na última quarta-feira, dia 04, no intuito de participar das eleições 2012. Em entrevista a Gazeta do Oeste, Rodrigo Resende, ressaltou que houve esse afastamento da secretaria porque ele colocou o seu nome a disposição do seu partido PDT, pelo qual, é filiado, para que a sua pré-candidatura fosse lançada, mas, embora haja a certeza da sua saída do cargo para se candidatar, ele, ainda não sabe se essa pré-candidatura será para prefeito ou se será para vice, compondo chapa em alguma coligação, isso vai depender da escolha do partido.
De acordo com Resende, as decisões do partido ainda estão sendo estudadas, mas ele confirma que a sua saída está relacionada sim com a sua participação nesse ano eleitoral. “Não tem nada acertado ainda, pois as conversas ainda estão em andamento e existe uma tendência do grupo a qual eu pertenço de realmente apontar o candidato a vice-prefeito, é lógico, que é preciso passar pelas convenções dos partidos. O meu afastamento é justamente para poder ser candidato”, afirma.
Durante a entrevista, Rodrigo Resende, foi questionado se pretende após o lançamento oficial da sua pré-candidatura, se coligar com alguma outra sigla , e ao responder, ele afirmou que pretende fazer sim a coligação com outros partidos, uma vez que um só partido sem ter o apoio de outro tem poucas chances de vencer as eleições. “Não tem como você ir para as eleições com um partido só, então, existe uma grande frente de conversações para poder tomar a decisão certa. O PDT hoje já tem o vice-prefeito, que é o Francisco Martins, então, a possibilidade do partido continuar com o Vladimir é muito grande. A aproximação que tem do Francisco Martins sendo vice-prefeito, a disposição do PDT indicar o vice novamente, realmente é grande e a nossa intenção é essa mesma, que não seja eu como pré-candidato a vice, que seja outro candidato para o PDT acompanhar o Vladimir. A composição vai ser feita, e é uma ampla construção porque tem o PDT, PSL, PSDB, PP e outros. Se não temos um grande grupo dando suporte é difícil ganhar uma eleição”, declara.
Conforme, Resende, ele atuou seis meses como Secretário de Desenvolvimento, e essa foi uma experiência para ele, bastante válida, pois, segundo a sua pronúncia, a Secretaria de Desenvolvimento é a secretaria mais importante que um Governo possui, justamente, pelo fato de apresentar trabalhos com o objetivo de direcioná-los ao desenvolvimento do Município. Ele aproveitou e deu exemplos de alguns projetos que foram colocados em pauta durante a sua gestão como secretário. “Temos a ampliação do Distrito Industrial Jovelino Rabelo que está sendo programado para que seja concretizado, com a expansão do bairro Floramar. Nesse local, são aproximadamente 400 lotes que a prefeitura está desapropriando, são áreas residenciais que serão transformados em área industrial para que sejam colocadas 20 empresas que estão pleiteando áreas para expandir o seu parque industrial em Divinópolis ou para aquelas empresas que querem se instalar na cidade” relatou.
Ainda Segundo, Resende, outro fator importante relacionado com a questão do Centro Industrial que pertencia a sua secretaria é a saída da MG 050. “Aquele gargalo que existe na saída do Centro Industrial foi uma das questões debatidas pela secretaria, houve várias reuniões com o SETOP, tivemos reunião com o DER junto com as Nascentes das Gerais, sensibilizamos o DER da necessidade de colocarmos o semáforo ali, não tem outra alternativa a curto prazo para que seja resolvido o problema da saída do Centro Industrial. A única saída mais viável é a duplicação do anel rodoviário em Divinópolis que vai do Gafanhoto até uns 4 ou 5 quilômetros para frente, para que seja feito uma variante, essa solução resolverá o problema do Centro Industrial porque vai tirar o trânsito da rodovia que está passando pelo trevo de acesso, com isso resolve o problema da saída do Centro Industrial, mas até que isso aconteça, pois isso vai levar anos para acontecer, uns 4 anos para essa variante sair, a saída mais barata, mais ágil e que resolve o problema de todos é a colocação de um semáforo no trevo e é o que foi questionado durante a minha gestão”, explicou.
Outra questão fundamental que ocorreu na secretaria enquanto Rodrigo Resende estava atuando na função de secretário, é a questão relacionada ao aeroporto de Divinópolis. “Houve um debate em relação ao plano diretor do aeroporto e a sua  ampliação, pois existe uma empresa que está pleiteando vir para Divinópolis, a prefeitura, já está em conversa com essa empresa para a instalação de uma linha regular em Divinópolis, mas eu vejo o aeroporto da cidade hoje como um aeroporto de aviação executiva, atualmente a demanda é muito grande. Sem essa ampliação não se consegue atrair a aviação executiva para a cidade, e a Vale mostrou interesse de tirar as aeronaves de Belo Horizonte e trazer para Divinópolis. Ela está procurando uma área próxima a Belo Horizonte, de fácil acesso para poder trazer essas aeronaves, que vão ficar ou em Divinópolis pela proximidade e qualidade do nosso aeroporto ou Pará de Minas que não tem um aeroporto com a qualidade de pista que nós temos, mas pelo fato da logística de Pará de Minas ser muito melhor que a logística de Divinópolis”, esclareceu.
Para Rodrigo Resende, outro aspecto importante que foi discutido enquanto Secretário de Desenvolvimento foi à questão da duplicação da MG 050, uma das questões mais debatidas, inclusive, na Audiência Pública, organizada pelo Deputado Estadual, Fabiano Tolentino (PSD).
Após enunciar  alguns trabalhos desenvolvidos para a cidade, durante os seis meses como secretário, ele relatou que já existem nomes que poderão assumir o cargo que ele ocupava na Secretaria e acrescentou que essa decisão é feita pelo prefeito Vladimir Azevedo (PSDB). 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.