sexta-feira, 28 de Dezembro de 2012 08:54h Liziane Ricardo

Rodyson do Zé Milton consegue apoio de onze parlamentares na disputa pela Mesa Diretora

O acordo entre PSL, PHS e PDT foi fechado no final da tarde de ontem (27) após a última reunião ordinária do ano.

Onze dos 17 parlamentares eleitos para 23ª Legislatura de Divinópolis já confirmaram apoio a candidatura de Rodyson do Zé Milton (PSDB) como presidente da Mesa Diretora. Dentre as oito siglas coligadas no grupo de apoio ao tucano, três estarão compondo a Mesa junto a candidatura de Rodyson ao ter em sua chapa como vice Marquinho Clementino (PSL), Edimar Máximo (PHS) como 1º secretário e Nilmar Eustáquio (PP) de 2º secretário. O acordo entre PSL, PHS e PDT foi fechado no final da tarde de ontem (27) após a última reunião ordinária do ano.
Ainda durante a reunião partidária, em entrevista a Gazeta do Oeste, Rodyson do Zé Milton confirmou que recebeu o apoio das três siglas para compor a coligação de sua chapa. “Estou neste momento em uma reunião com os partidos, e acabamos de fechar o acordo com o PDT na presença do presidente do partido Francisco Martins, do vice prefeito eleito Rodrigo Resende, e dos demais vereadores recém eleitos Eduardo da Print Junior, Rodrigo Kaboja e Careca da Água Mineral. E estou muito feliz em conseguir este apoio dos futuros colegas de parlamento”, contou o tucano.
Na oportunidade, o presidente do PSL, Rodrigo Kaboja explicou o motivo de renunciar a sua candidatura para apoiar o tucano, “o maior motivo para renunciar a candidatura foi devido trabalharmos em grupo, além do fato de acharmos que o Rodyson tem laços mais estreitos com o prefeito Vladimir Azevedo, o que é muito positivo para o Legislativo Municipal. Porém dentro deste grupo de vereadores apoiando essa candidatura, fiz a exigência de que o Marquinho Clementino deveria ocupar a vaga de vice junto de Rodyson na Mesa Diretora”, frisou. Kaboja de antemão já anunciou também os nomes de Edimar Máximo como primeiro secretário e Nilmar Eustáquio como segundo secretário.
Já o novato Careca da Água Mineral (PP) confirmou o apoio, considerando que os progressistas sempre foram muitos próximos do PSDB, e nesse momento o partido achou por bem apoiar a candidatura de Rodyson por já ter quatro anos de experiência junto ao Legislativo. “Mas para o futuro, com certeza temos a intenção de disputar uma eleição da Mesa Diretora, assim que tivermos mais conhecimento dentro dos trabalhamos como vereador” pontuou o progressista.
O postulante a primeiro secretário, Edimar Máximo (PHS) disse ter confirmado o apoio pelo fato de ser uma chapa de consenso, “vimos o compromisso do vereador e como vimos que seria uma chapa de consenso, optamos pelo apoio. E fomos informados que foi sinalizado positivamente o apoio do nosso representante estadual Fabiano Tolentino (PSD) em relação a candidatura de Rodyson, então nada mais natural do que apoiá-lo” ressaltou. No início da noite de ontem (27), Rodyson seguiu em reunião com Edmar Rodrigues (PSD) para estabelecer o apoio do colega de parlamento. Já o peemedebista Hilton de Aguiar que também seria uma opção de apoio positiva ao grupo, ainda aguarda uma posição do partido, no entanto, até o momento, seu nome não havia sido confirmado como apoiador desta chapa.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.