quarta-feira, 17 de Setembro de 2014 07:06h

Ronda

Crédito: Divulgação PM

Arma de fogo é entregue
Na manhã de ontem (16), foi entregue voluntariamente à Polícia Militar da cidade de Passa Tempo, por uma idosa, de 85 anos, um revólver calibre 32.  A entrega voluntária de armas de fogo, acessórios e munições está prevista na portaria nº 797/MJ de 05 de maio de 2011, conhecida popularmente como Campanha do Desarmamento.
O proprietário/possuidor de arma de fogo que efetua sua entrega voluntariamente é indenizado pelo Estado. O valor recebido varia de acordo com as características do armamento.

 

Homem é preso com drogas

Durante patrulhamento pela rua Beco da Cerâmica, no bairro Planalto, os militares receberam informações de que um homem, de 26 anos,  estaria traficando drogas, utilizando uma motocicleta de cor branca. Diante desta informação, as guarnições iniciaram campana e visualizaram quando o autor desceu da motocicleta. Ao avistar a equipe, o homem tentou fugir, contudo foi dominado e no transcorrer da abordagem, o autor sofreu escoriações na mão direita, sendo levado a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde foi medicado e liberado. Durante busca pessoal foram localizados três tabletes de maconha e R$ 210. Diante dos fatos, o autor foi preso e conduzido a Delegacia juntamente com os materiais apreendidos. A motocicleta foi removida ao pátio.

 

Jovem é preso com crack


Durante patrulhamento pela rua José Onézimo de Andrade,  no bairro Vila Belo Horizonte, os militares abordaram um jovem, de 22 anos, o qual se encontrava em atitudes suspeitas e  no momento da abordagem o autor tentou  dispensar 20 pedras de crack. Durante as buscas foi localizado com ele  R$ 76 e dois celulares. Em conversa com o autor, este relatou que estava vendendo cada pedra por R$10 e ganhava em cada R$4. Diante dos fatos o autor foi preso e conduzido a Delegacia, juntamente com os materiais apreendidos.

 

Posto de combustível é assaltado
Um frentista, de 32 anos, acionou a Polícia Militar e contou que foi abordado por um indivíduo, com o rosto coberto e portando um revólver calibre 38, o qual anunciou o assalto, levando R$600. Após a ação, o meliante evadiu em direção a um matagal das proximidades. Uma testemunha tentou seguir o autor e deparou-se com ele conversando com outro indivíduo que estava ao lado de uma motocicleta. Ao avistarem a testemunha, os autores subiram na motocicleta e fugiram rumo a Neolândia, distrito de Itapecerica, deixando caída no local a camisa usada para cobrir o rosto no momento do assalto, que foi recolhida e apreendida. Nenhum suspeito foi localizado.

 

 

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.