quinta-feira, 10 de Novembro de 2011 10:28h Flávia Brandão

Saleme revela compromisso assumido

Vereador Anderson Saleme afirma que grupo se comprometeu a apoiá-lo como o próximo presidente a Mesa Diretora da Câmara.As eleições acontecem em dezembro,no entanto,no mesmo grupo está o atual presidente Pastor Paulo que já declarou desejo à releição

Um “compromisso” firmado com o grupo de vereadores que elegeu a atual Mesa Diretora, em 2010, foi revelado à imprensa pelo vereador Anderson Saleme (PR) na última terça-feira (8). O vereador que foi o primeiro a trazer a público o desejo de ocupar a presidência do Legislativo revelou que a “palavra” firmada no final do ano passado foi a de que ele seria apoiado como o próximo presidente para 2012. No entanto, o acordo parece ter sido esquecido no passado, já que o grupo apresenta atualmente duas candidaturas ao cargo maior do Legislativo Municipal: a de Anderson Saleme e o do atual presidente Pastor Paulo (PRB).


O vereador Anderson Saleme (PR), que é vice-presidente da atual mesa diretora, pontua que toda a eleição tem várias e várias questões, no entanto ele espera que a palavra firmada seja cumprida “Acredito que todos, por serem sim pessoas trabalhadoras, honradas e que não fogem a verdade manterão a palavra e nós continuaremos nossa campanha visando a Mesa Diretora”, declarou.


O parlamentar relembrou o ambiente no final de 2010, onde houve uma disputa apertada de 7 contra 6 votos para que a Mesa Diretora fosse eleita e argumentou que toda eleição passa realmente por convergência de ideais, vontades e interesses. “Havia convergência em 2010 para que esse grupo fosse eleito e que o grupo seguinte mantivesse comigo, Anderson Saleme, na presidência. O que eu espero que seja honrado e confirmado nos próximos dias com a eleição”, declarou.


Questionado sobre os edis que firmaram o compromisso, Anderson não citou nomes, apenas alegou que o “grupo”, que logrou êxito na última eleição fez o compromisso. “Quero deixar isso claro: acredito e confio que tudo irá transcorrer conforme conversamos em benefício da administração dessa Casa para que as mudanças sejam sempre para melhor e não tenhamos mudança, que possam prejudicar a administração, os servidores e principalmente a população”, salientou.


Quebra do grupo


Questionado sobre a possibilidade do grupo não cumprir com a palavra, Anderson disse que não há “nenhuma sanção”, já que é uma questão moral e ética e que não foi documentada. “Nós sabemos que todos se empenharam na eleição dessa Mesa e repito o quorum foi bem apertado por 7 a 6.  Todos se empenharam em benefício do bem comum que seria administrar a Casa com olhos para uma excelente prestação de serviço. Espero que o compromisso seja honrado e que em 2012 tenhamos uma Mesa Diretora nos moldes da que foi sonhada no final do ano passado”, declarou.


Contradição


Apesar de dizer que espera que o compromisso seja cumprido pelo grupo que integra, quando a reportagem questionou como fica o acordo já que o presidente Paulo César declarou interesse à reeleição, Anderson Saleme mostrou outro posicionamento alegando que todos podem se lançar como candidatos “independente de conversações e negociações”. “Quem tiver no mínimo sete votos irá levar novamente a Mesa Diretoria. E é importante isso, que a gente tenha acima dos interesses pessoais os coletivos, que no caso é o bem da casa, da administração do Poder Legislativo. Todos podem lançar seus nomes, independente de negociações, de acordo e conversações. Toda a campanha é importante e eu espero que a que eu estou liderando com outros vereadores seja vitoriosa”, disse.  


Mesa atual


A reportagem entrou em contato com os atuais representantes da Mesa Diretora -  Geraldinho da Saúde (PR), Pastor Paulo e Rodyson (PSDB) - no entanto apenas Rodyson do Zé Milton, que é o 2º secretário, foi encontrado. Segundo ele realmente existe um “combinado” da Mesa, no entanto o compromisso não é “específico” para apoiar o nome de Anderson Saleme, mas “sim escolher um do grupo para tentar articular”. “O Anderson, o Pastor, o Paduano estão articulando. Então nós estamos aguardando para ver qual irá ficar. Pode ser o Anderson, o Pastor, o Paduano, pode ser até mesmo o Rodyson, o Geraldinho, ou os outros”, afirmou o vereador.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.