quarta-feira, 27 de Novembro de 2013 04:09h Carla Mariela

São José e Niterói

Vereador assegura que postos de saúde receberão funcionários para agilizar atendimento

O parlamentar, Edimilson Andrade (PT), após enviar para o Poder Executivo uma indicação de número 1278/2013, sendo o objetivo desta, a verificação por parte da prefeitura sobre a possibilidade de ampliação da jornada de trabalho com horas extras ou contratação temporária de técnicos em farmácia e enfermagem para agilizar o atendimento das farmácias públicas; informou que funcionários dos postos de saúde dos bairros Niterói e São José, receberão mais técnicos para amenizar o problema do atendimento.
Conforme o parlamentar, ele fez a indicação depois de receber em seu gabinete, alguns dos usuários das farmácias, reclamando das filas enormes e da demora no atendimento para a distribuição dos medicamentos. Ele havia explicado que desde quando a farmácia do Serviço de Referência em Saúde Mental (Sersam) foi fechada, ele sabia que a tendência da população era passar para outras farmácias e a demanda aumentar, principalmente, a farmácia do posto do bairro Niterói, que é mais próximo do Sersam.
A novidade relatada por meio do vereador é que foi conseguido para o posto do bairro São José, em tempo integral, um funcionário que é técnico de enfermagem, além dele foi conseguido também dois técnicos de enfermagem para o posto de saúde do bairro Niterói com a intenção de normalizar e sanar essa questão das grandes filas nestas unidades. “Fico muito alegre por ter conseguido esta vitória, porque ontem (25) estive no posto e permaneci na fila com o pessoal sentindo o sofrimento deles e graças a Deus conseguimos estes técnicos”, afirmou.
Segundo o vereador a luta continuará, dessa vez, para que a reforma da farmácia do Niterói ocorra o mais rápido possível. “Esta foi uma das promessas feitas pelo secretário municipal de saúde, Dárcio Abud, em um encontro recente”, relata Edimilson.
Baseada nas informações do parlamentar, nesta reforma estará inserida a colocação de bancos para as pessoas na espera da entrega dos remédios. Outro fator que será modificado é a questão da colocação de televisão com programas educativos e a colocação de bebedouro. Andrade disse que está feliz com o processo licitatório, uma vez que este respeita uma normativa de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). O termo diz que “não se podem trabalhar pessoas na farmácia distribuindo medicamentos que não seja formado”.
Por fim, o vereador assegurou que fica feliz em saber que já foram conseguidos alguns técnicos, mas está aguardando mais extensões da carga horária para aqueles funcionários da rede que queiram trabalhar nas farmácias públicas e também estagiários para diminuir estas filas.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.