Secretário de Estado de Cultura abre Semana da Inconfidência Mineira em Tiradentes

No evento foi lançado o Portal da Inconfidência e anunciado o fechamento do trânsito nos finais de semana e feriados no centro histórico

O secretário de Estado de Cultura, Angelo Oswaldo, representando o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, abriu no fim da tarde desta sexta-feira (17/4),  em Tiradentes, Região Central de Minas, a Semana da Inconfidência Mineira.  Na solenidade, foi lançado pela Imprensa Oficial de Minas Gerais o Portal da Inconfidência, site contendo 11 volumes impressos dos “Autos da Devassa da Inconfidência Mineira”, com sistema de buscas.

Também foi anunciado pela Prefeitura de Tiradentes o fechamento para o trânsito de automóveis todas as sextas, sábados, domingos e feriados no centro histórico do município. Tiradentes é a segunda cidade do país a adotar a medida, que tem como objetivo a proteção do patrimônio histórico do município. A outra é Paraty, no Rio de Janeiro.

Angelo Oswaldo colocou ainda à disposição do Corpo de Bombeiros Voluntários de Tiradentes um caminhão autobomba tanque (ABT), de combate a incêndio, desenvolvido para atuar em sítios históricos na defesa do patrimônio cultural, ambiental e humano, tanto da cidade quanto da região. O veículo custou R$ 557.040,00  e foi adquirido com recursos do BNDES.

Ao lançar o Portal da Inconfidência, o secretário Angelo Oswaldo destacou a colaboração decisiva da Imprensa Oficial para que os Autos de Devassa sejam disponibilizados na internet, facultando o acesso a pesquisadores e estudiosos, bem como ao público em geral. “A história de Minas Gerais e do Brasil será enriquecida com os trabalhos que vão decorrer dessa iniciativa”, acrescentou.

O secretário da Cultura, em nome do Governo de Minas Gerais, assinou um termo colocando à disposição da brigada local de voluntários um caminhão de bombeiros. Saudando o prefeito Ralph Justino pela parceria, Angelo Oswaldo ressaltou a importância do veículo para a segurança do conjunto histórico de Tiradentes e enalteceu o papel dos brigadistas voluntários.  

Sobre o fechamento do centro, o secretário Angelo Oswaldo disse que “Tiradentes oferece um exemplo em termos de organização do espaço urbano tombado. A medida respeita e valoriza o pedestre, o ciclista e as charretes que enfrentavam as dificuldades interpostas pelos automóveis, nos concorridos fins de semana da cidade histórica. Ganha a mobilidade urbana, a conservação do patrimônio, a paisagem e a dinâmica do turismo. Automóvel em sítio histórico é para ficar em estacionamento especialmente demarcado”, destacou o secretário.

Durante a solenidade, o diretor-geral da Imprensa Oficial, idealizador e coordenador do Portal da Inconfidência, Eugênio Ferraz, fez uma demonstração do funcionamento do site. Ele lembrou que “a determinação do governador Fernando Pimentel é de que o governo de Minas Gerais seja de todos e para todos, a começar pela história. E o pioneiro trabalho desenvolvido pela Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais mais uma vez pereniza e democratiza o acesso à rica história de Minas, levando a toda sociedade os documentos do magnífico movimento da história mineira e brasileira”, ressaltou.

Em seu pronunciamento, o prefeito de Tiradentes, Ralph Justino, destacou a importância da solenidade. “A cidade merece que as comemorações da Semana da Inconfidência tenham início aqui, onde nasceu  Tiradentes.  O início da liberdade do  Brasil partiu da região”, ressaltou.  Ralph Justino disse ainda que “o fechamento para o trânsito de automóveis no Centro histórico, a disponibilização pelo Governo de Minas Gerais do caminhão de combate a incêndio  adaptado para o  centro histórico e a sanção da lei do Plano Diretor de Tiradentes são de extrema importância para o município”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.