Secretários de governador do Rio viajam a convite de empreiteiro

 O secretário estadual de Governo do Rio, Wilson Carlos, e o secretário municipal de Urbanismo, Sérgio Dias, fizeram uma viagem de cinco dias ao Caribe a convite do empresário Saulo Wanderley Filho, dono da Cowan, grupo mineiro que inclui construtora, mineradora e outras empresas. A companhia mantém contratos com o governo de Sérgio Cabral e com a prefeitura de Eduardo Paes, entre eles a construção da linha 4 do metrô.

A viagem foi feita em abril de 2011, mas só foi revelada nesta sexta-feira pelo site da revista Veja, e foi confirmada pelo empresário e pelos secretários. O grupo viajou em um jatinho Gulfstream, da Cowan, e ficou hospedado na Ilha de Saint Barths, em uma casa alugada pela empresa.

O episódio vem à tona pouco mais de seis meses após a divulgação de fotos em que esses mesmos secretários, entre outras pessoas, aparecem em Paris, acompanhados pelo empresário Fernando Cavendish, dono da construtora Delta e amigo de Sérgio Cabral. Nas imagens, o grupo participa de uma comemoração, usando guardanapos de pano na cabeça. Segundo o governo do Estado, a festa ocorreu durante uma viagem realizada em 2009.

Sobre a viagem ao Caribe, a assessoria do secretário Wilson Carlos informou que ele, a mulher e os filhos foram convidados pelo dono da Cowan e sua mulher. "Foi a única vez que o secretário viajou a convite de Erica e Saulo Wanderley Filho. As relações pessoais do secretário não interferem em seu trabalho no governo", afirma a nota, que ressalta: "A empresa Cowan, desde janeiro de 2007 (início da gestão do governador Sérgio Cabral), não obteve nenhum contrato com o governo do Estado. A Cowan foi vencedora, em consórcio com outras empresas, de licitação realizada em 1998 para a construção da Linha 4". A nota afirma ainda que as normas estipuladas pelo governo do Estado por meio do Código de Ética publicado em 5 de julho de 2011 estão sendo cumpridas desde então.

O secretário Sergio Dias afirmou em nota que tem amizade com os casais desde antes de assumir a pasta. "A secretaria não licita, não licencia nem tão pouco fiscaliza obras públicas e de infraestrutura. O âmbito de atuação dos projetos da empresa Cowan não é de competência da Secretaria Municipal de Urbanismo" conclui.

O dono da Cowan está em viagem ao exterior e, por meio de sua assessoria, afirmou que tem uma amizade "de muitos anos" com as pessoas que convidou para a viagem.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.