quarta-feira, 30 de Outubro de 2013 06:15h Carla Mariela

Semusa sediará audiência pública sobre transformação do Cefet/MG em Universidade Tecnológica

O encontro ocorrerá, às 14h, no auditório da Semusa, na Rua Minas Gerais, 900, no centro de Divinópolis. O requerimento para que a audiência pudesse ocorrer foi do deputado estadual João Bosco

A Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (Semusa) sediará audiência pública com objetivo de debater e apoiar o projeto de transformação do Cefet/MG em Universidade Tecnológica. O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais (ALMG), o deputado estadual Dinis Pinheiro, o presidente da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, deputado estadual Duarte Bechir, e o autor do requerimento, deputado estadual João Bosco (PTdoB) convocam a população para participar desta discussão. O encontro ocorrerá no auditório da Semusa às 14h, na rua Minas Gerais, 900, no centro.
De acordo com o deputado João Bosco, ele apresentou o requerimento para a Assembleia por meio da comissão de educação e este requerimento foi aprovado. Conforme o parlamentar, o requerimento foi feito no intuito de buscar um apoio de Minas Gerais e das cidades que tem unidades do Cefet. “Já fizemos a audiência na cidade de Araxá, Varginha, dentre outros municípios. E agora vai ser em Divinópolis pelo fato de ser importante a participação das lideranças políticas desta cidade. O deputado estadual, Fabiano Tolentino também estará presente e espero que consigamos o reconhecimento do MEC acerca deste assunto”, abordou.


Ainda de acordo com o deputado, a maioria dos profissionais que estão atuando em Minas Gerais, e não só no Estado, tiveram uma boa formação por meio do Cefet e tem a instituição como um órgão de ensino com condições de se transformar numa universidade tecnológica, com cursos de graduação, pós-graduação e doutorado, para estar formando profissionais que estarão atuando e contribuindo para a qualidade de ensino.


Deputado federal Jaime Martins (PSD/MG)


O deputado federal, Jaime Martins (PSD/MG), ressaltou sobre a importância do Cefet de Minas Gerais e sua luta junto com o representante da instituição para que o órgão educaional seja reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) como Universidade Tecnológica Federal.


De acordo com Jaime Martins, a sua defesa pelo Cefet de Minas é visível, principalmente porque ele é um cefetiano pela própria formação. Ele formou no Cefet como Técnico Químico Industrial, depois se formou como Engenheiro Mecânico. Entretanto, Martins deixou claro que conhece a instituição, sabe da sua importância, tem conhecimento sobre a sua história, sabe que o Cefet transformou a vida de várias pessoas para melhor.


Entretanto, ele afirmou sobre a indicação existente para a transformação do Cefet em Universidade Tecnológica Federal. A indicação é de número 81 77/2006, e dá possibilidade ao Cefet de oferecer novos trabalhos. “Já houve a transformação do Cefet do Paraná, em Universidade Tecnológica Federal, a qual se distanciou dos cursos técnicos privilegiando mais o ensino superior. Mas, hoje nós queremos transformar o Cefet de Minas Gerais também em Universidade Tecnológica Federal, mas com uma trajetória um pouco diferente, privilegiando também os cursos técnicos”, afirmou.

 

Ainda conforme Martins havia uma resistência vinda do Poder Executivo em relação a esta transformação, mas está sendo desenvolvido um trabalho de convencimento reunindo toda a bancada mineira de deputados federais, senadores, e também toda a bancada do Rio de Janeiro para que esta transformação possa ser feita. De acordo com o deputado, muitas das decisões da república são tomadas por razão da política e se houver a união de Minas e Rio de Janeiro haverá o sucesso.

 

Ele já havia destacado que há uma resistência também por parte do MEC, mas que eles não vão parar a luta. Embora o MEC tenha desvinculado os Cefet’s de Minas e do Rio da Sesu, a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) reconhece os centros como Universidades Federais.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.