quinta-feira, 13 de Setembro de 2012 09:54h Gazeta do Oeste

Serra afirma que Dilma 'mal conhece' São Paulo

As equipes do tucano e do petista decidiram manter entre si o embate eleitoral, apesar de Celso Russomanno (PRB) liderar com folga as últimas pesquisas de intenção de voto.

 Empatados em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto em São Paulo, José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT) recorrem a ataques um contra o outro na disputa por uma vaga no 2º turno da eleição municipal.

 

O candidato tucano fez nessa quarta-feira quatro ataques ao petista, na TV e na rua. Na propaganda eleitoral, tentou vincular Haddad a réus do escândalo do mensalão e criticou o PT por ceder um ministério à senadora Marta Suplicy como “moeda de troca” de apoio na disputa eleitoral. Em uma entrevista, disse ainda que a presidente Dilma Rousseff “mal conhece São Paulo” e tenta “meter o bico” na eleição municipal.

 

Irritado, Haddad ironizou as críticas de Serra, mas também manteve o tucano sob ataque. Disse que “a baixeza de Serra é conhecida” e que o candidato do PSDB tem uma rejeição tão alta que “daqui a pouco não vai poder circular pela cidade”.

 

As equipes do tucano e do petista decidiram manter entre si o embate eleitoral, apesar de Celso Russomanno (PRB) liderar com folga as últimas pesquisas de intenção de voto. A menos de um mês do 1.º turno, Serra e Haddad pretendem ampliar a polarização da disputa entre PSDB e PT.

 

 

 

 

 

 

 

 

EM

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.