sexta-feira, 5 de Setembro de 2014 06:42h Atualizado em 5 de Setembro de 2014 às 06:44h.

Servidores públicos do município debatem assédio moral

Foi realizada, na sede do Sintram, a palestra

O orientador da Fesempre, Valdeci dos Santos, caracterizou o que é o assédio moral, bem como as conseqüências do ato para a saúde do trabalhador, além de dar dicas e orientações de como proceder quando se é vitima de assédio moral ou sexual.

A diretoria do Sintram promoveu a palestra atendendo pedido dos próprios servidores que no último Fórum Municipal dos Trabalhadores levantaram a necessidade de esclarecer sobre o tema e eliminar esse mal do serviço público.  O presidente do Sintram, João Madeira, agradeceu o apoio da Fesempre ao disponibilizar o orientador sindical, Valdeci dos Santos, e a advogada Mariana Tavares, que esclareceu dúvidas pertinentes a legislação. "Hoje, tivemos a oportunidade de debater esse tema que aflige alguns servidores e nossa função é eliminar esse mal orientando para que seja feita a denúncia", declarou Madeira.


Ainda na palestra, a psicóloga Aline Souza, apresentou o Departamento de Ouvidoria do Sintram que foi criado, recentemente, para receber reclamações, elogios, sugestões a respeito da gestão do sindicato e também denúncias relativas à assédio moral.


O palestrante Valdeci dos Santos elogiou a iniciativa do sindicato e a participação dos servidores, que além de ouvirem atentamente a palestra, participaram dando depoimentos. "Tivemos grande interesse dos servidores ao ouvirem a palestra e testemunharem de forma edificante sobre o tema, ajudando os demais colegas a crescerem no conhecimento", enfatizou Valdeci.


O orientador alerta aos trabalhadores que estão sofrendo assédio moral a denunciarem procurando em primeiro lugar o sindicato da classe. "Em Divinópolis, os servidores devem procurar o Sintram, porque através do sindicato, com a implantação da ouvidoria (...) tem um canal aberto para o servidor dar andamento na justiça", declarou.


Ao final da palestra, os servidores receberam cartilhas orientando e esclarecendo sobre o combate ao assédio moral.


Crédito: Mariana Cançado

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.