terça-feira, 12 de Agosto de 2014 09:27h Atualizado em 12 de Agosto de 2014 às 09:29h.

Sintram promove palestra sobre assédio moral e ativa ouvidoria para receber denúncias

Servidores podem se inscrever até o dia 29 de agosto para palestra

Com o objetivo de orientar os servidores públicos municipais de Divinópolis e Região Centro-Oeste para combater e denunciar o assédio moral no serviço público, o Sintram irá promover, no dia 03 de setembro, às 18h, na sede do sindicato (Av. Getúlio Vargas, 21, Centro), palestra gratuita sobre o tema com o orientador sindical da Federação Interestadual dos Servidores Públicos Municipais e Estaduais (Fesempre), Valdeci dos Santos.
Além disso, já está ativa a “Ouvidoria Sintram”, um canal direto com o servidor para registro de denúncias, com acompanhamento jurídico aos assediados. De acordo com o presidente do Sintram, João Madeira, as ações de combate ao assédio moral estão sendo implementadas e serão feitas de maneira permanente pelo sindicato atendendo demanda dos servidores levantada no último Fórum dos Trabalhadores. “O Sintram quer eliminar esse mal que atinge e silencia muitos servidores da nossa base de representação, dando voz aos assediados e orientando como identificar os casos de assédio e registrar denúncia”, explicou.

 

 

 

Ouvidoria
O presidente explica que a Ouvidoria do Sintram já está em funcionamento há cerca de um mês e é um canal de comunicação direto entre o sindicato e os servidores. Além de críticas, sugestões e elogios sobre a atual gestão, os trabalhadores de maneira sigilosa poderão registrar denúncias de assédio moral ou mesmo qualquer sofrimento em seu local de trabalho. Os servidores interessados devem entrar em contato pelo telefone 3216-8465 ou pelo email ouvidoria@sintramdiv.org, falando diretamente com a psicóloga responsável pelo setor, Aline Souza.

 

 

 

 

Palestra
Na palestra “Assédio Moral no Serviço Público Municipal” o orientador sindical, Valdeci dos Santos, irá abordar os seguintes tópicos: O que é assédio moral?;  Consequências do assédio moral sobre a saúde; Assédio moral pode gerar indenização?; Assédio moral pode gerar punição disciplinar (administrativa e trabalhista)?; Formas de assédio moral; Objetivos do agressor; Como identificar o agressor; O que o assediado pode fazer? Como terminar com o assédio.  

 

 

 

 

Inscrição
As vagas para a palestra são limitadas e os servidores interessados deverão registrar interesse até o dia 29 de agosto pelo telefone 3216-8484, email cadastramento@sintramdiv.org ou na sede do sindicato (Av. Getúlio Vargas, 21, Centro).

 

 

Crédito: Divulgação Fesempre

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.