quinta-feira, 18 de Setembro de 2014 04:56h Carina Lelles

“Sou um cidadão que abraçou a política como missão de vida e procuro fazer dela um instrumento para melhorar a qualidade de vida das pessoas”

Crédito: Cláudio Ramalhão

 

Quem é Domingos Sávio?

O Domingos Sávio é um cidadão, como a maioria dos brasileiros, nascido de família simples, vindo do interior, que lutou muito durante toda a vida acreditando que com muito trabalho, respeito ao próximo, respeito à família e aos princípios cristãos a gente pode mudar o mundo para melhor. Esta minha disposição para assumir o papel de liderança acabou me colocando como um missionário da política. Estudei em escola pública do primário até me formar médico veterinário.
Saí de São Tiago e fui ainda muito jovem para Belo Horizonte onde comecei a trabalhar aos doze anos de idade, no Mercado Central, que naquela época era permitido. O trabalho e o respeito à família foram as bases da minha formação.
Casei-me com uma divinopolitana, a Cherrie, que foi um presente de Deus na minha vida. Vim para Divinópolis onde criei a minha família, exerci a minha profissão e fiz a minha trajetória política trabalhando por Divinópolis e pela região.
Fui presidente de cooperativa, de sindicato, vereador, presidente da Câmara, prefeito e em todos estes momentos o patrimônio meu que cresceu foi o de amigos. Tive a felicidade de construir amizades e deixar obras realizadas em todos os bairros de Divinópolis. Essas amizades e este trabalho me estimularam a continuar a carreira, passando a ser deputado estadual. Consegui me destacar como deputado estadual atuante, trazendo muitos benefícios para Divinópolis e um dos mais marcantes foi a obra do Hospital Regional que está com as obras bem adiantadas, além de outros benefícios para a cidade com recursos para pavimentação de ruas e muito mais. Tudo o que fizemos acabou me estimulando ir mais à frente e fui eleito como deputado federal como um dos mais votados de Minas Gerais.
A sequência deste trabalho tem sido uma luta firme em Brasília para fazer a diferença. Não é muito simples, são 513 deputados, a maioria passa por lá sem participar muito e eu tenho participado ativamente. Sou um cidadão que abraçou a política como missão de vida e procuro fazer dela um instrumento para melhorar a qualidade de vida das pessoas, melhorar a nossa Divinópolis, o nosso Estado e o nosso país.

Quais são as suas propostas caso seja reeleito?
O meu primeiro desejo de ser reeleito deputado federal é porque eu vejo, e a maioria do povo brasileiro vê, que é preciso mudar muita coisa. Sou um deputado federal combativo na Câmara, sou líder da oposição. É o meu primeiro mandato e já tive a felicidade de ser escolhido pelos meus pares para assumir uma liderança e nessa liderança tenho combatido a corrupção.
Fui um dos líderes que foi ao Supremo Tribunal para exigir a instalação da CPMI da Petrobras que o governo dizia que não era necessária, que o governo não queria deixar instalar, alegando que a oposição estava querendo destruir a imagem da Petrobras e agora o Brasil inteiro sabe que nós tínhamos razão, que na estatal havia, e ainda existe, até nós tirarmos este governo do comando da Petrobras, um grupo de pessoas roubando o patrimônio público. Um ex-diretor já está preso e já indicou em depoimento ao Ministério Público e a Polícia Federal, ministros e deputados federais, que apoiam o governo que aí está, recebiam milhões de reais roubados do povo brasileiro. É preciso enfrentar isso e eu tenho sido um dos deputados federais que tem tido a coragem de combater tudo isso.
Temos outros problemas graves, como a segurança pública que recebe pouco investimento do governo federal e as leis são muito frágeis e precisamos rever a questão da maioridade para fins criminais. Temos que reduzir a maioridade porque é inadmissível que alguém com 17 anos cometa crimes terríveis e seja tratado como uma criança incapaz, que não sabe o que está fazendo e isso não é verdade. Sabe, faz de forma premeditada e principalmente faz porque sabe que não vai ser punido. Tenho lutado para mudar isso, para que tenhamos leis mais duras contra os criminosos, mas é claro, não podemos achar nunca que vamos resolver o problema da criminalidade sem melhoramos a educação.
Então luto muito para que possamos melhorar a educação. Fui o primeiro deputado a apresentar uma emenda ao Plano Nacional de Educação para aumentarmos para 10% do PIB os investimentos do governo em educação e felizmente conseguimos aprovar. A partir do ano que vem, progressivamente, nos próximos dez anos, chegaremos a ter quase o dobro dos investimentos em educação.
Lutas como estas, assim como para melhorar a saúde, me estimulam a querer ser reeleito para fazer a diferença, para falar aquilo que o povo me fala na rua, o que quer ver mudado no Brasil.

Porque os eleitores devem votar no Domingos Sávio?
Eu respeito a todos os concorrentes e vou dizer uma coisa que os eleitores com certeza vão levar em conta. É o meu primeiro mandato, mesmo eu sendo de oposição ao governo federal, fui eu, o deputado federal neste mandato, que trouxe mais recursos federais para Divinópolis. Vou citar e podem ser conferidos: trouxe verba para a Universidade Federal de São João del-Rei-Campus Dona Lindu, trouxe verba para o Cefet e para a Funedi, trouxe R$ 1 milhão para o Hospital São João de Deus, trouxe verbas para a Prefeitura concluir postos de saúde que estavam inacabados, trouxe verbas para obra de infraestrutura, para postos artesianos nas comunidades rurais e já está disponível para a área de segurança uma emenda no valor de R$ 800 mil para melhorar a estrutura da Polícia Militar.
Continuei atuante no âmbito do Estado. Consegui trazer mais recursos para ajudar o Hospital São João de Deus, tanto para concluir leitos de UTI quanto para o custeio. E aqui faço uma ressalva, temos conseguido trazer recursos do governo do Estado muito mais que do governo federal para ajudar o São João de Deus. O governo federal tem se omitido e nós temos exigido e cobrado dele, que também tem responsabilidade, que ajude a resolver os problemas de saúde que devem ser compartilhados entre Prefeitura, Estado e governo federal.
No âmbito do Estado fui eu que liderei um trabalho, em parceria com a Acasp, para conseguirmos para Divinópolis o “Olho Vivo”. Tivemos o apoio de outros colegas deputados, mas quem se reuniu com o secretário de estado e conseguiu priorizar Divinópolis, dentre dez cidades mineiras, foi a nossa ação e isso foi publicado aqui na Gazeta do Oeste em primeira mão.
Este é o diferencial, tenho trabalhado muito, mas divulgado pouco, para viabilizar recursos para Divinópolis e para a região e uma das coisas que é motivo de orgulho para mim é ter sido considerado, pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), um dos deputados federais mais atuantes em 2014. Em Minas Gerais apenas dois deputados fizeram parte desta lista de dez, eu e o deputado, Bernardo Santana. Estes fatores me levam a estar motivado para pedir o apoio do povo de Divinópolis e região para continuar a minha missão.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.