quarta-feira, 25 de Setembro de 2013 13:53h

Tolentino participa de audiência pública sobre poluição em Divinópolis

Atento e preocupado com a saúde da população de Divinópolis, o Deputado Estadual Fabiano Tolentino (PSD) atendeu aos pedidos dos moradores dos bairros Manoel Valinhas e Espírito Santo, e requereu a realização de uma audiência pública para debater a poluiç

Atento e preocupado com a saúde da população de Divinópolis, o Deputado Estadual Fabiano Tolentino (PSD) atendeu aos pedidos dos moradores dos bairros Manoel Valinhas e Espírito Santo, e requereu a realização de uma audiência pública para debater a poluição sonora e atmosférica que estaria sendo causada pela siderúrgica Cosifer.

 

 

A audiência foi realizada durante toda a tarde de hoje (25), no teatro da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), pelos membros da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Os principais questionamentos apresentados pelos moradores prejudicados são sujeira causada pela fumaça que a siderúrgica libera, assim como o barulho do maquinário no local.

 

 

“A proposta dessa audiência é para podermos apresentar dos fatos, de maneira oficial, e buscarmos a melhor solução para todos. Já me reuni com os moradores desses bairros anteriormente e estou a par dos problemas que eles estão enfrentando. Agora estamos reunindo autoridades e representantes de órgãos responsáveis para, se necessário, adotarmos as ações necessárias relativas a Cosifer”, comentou Tolentino.

 

 

O Presidente da Cosifer, Wilson Salustiano, destacou que o objetivo da empresa em momento algum é prejudicar os moradores de Divinópolis. “Inclusive tenho outros empreendimentos na região e não quero prejudicar ninguém. Nesse sentido, a empresa está à disposição para debater sobre assunto e buscar a melhor solução”.

 

 

O presidente da comissão de meio ambiente da Assembleia, o deputado Célio Moreira (PSDB), já se adiantou e propôs uma visita in loco para conhecerem a realidade dos moradores e o funcionamento da Cosifer. “Não estou aqui para prejudicar ninguém. Estamos atuando em prol da vida. Proponho que a Feam suspenda o TAC de funcionamento, até que a empresa esteja cumprindo todas as exigências ambientais”, disse.

 

 

Segundo a Superintendente da Supram, Paula Fernandes dos Santos, será feita uma vistoria na siderúrgica na próxima segunda, dia 30, para confirmar se a empresa está atuando de forma regular, cumprindo todas as medidas de controle. Sobre a suspensão do TAC de funcionamento, Paula disse que irá informar essa demanda ao jurídico da Supram, mas reforçou a necessidade de uma nova audiência pública em Divinópolis, para discutir o assunto.

 

 

Estiveram presentes também a deputada estadual Luzia Ferreira (PPS e também autora do requerimento), o deputado estadual Gustavo Perrella (PDT); o Vice Prefeito de Divinópolis, Francisco Resende; os vereadores Marquinho Clementino (representando o presidente do legislativo municipal, Rodyson Kristnamurti), Eduardo Print Júnior, Careca da Água Mineral e representantes de demais vereadores; Antônio Augusto Melo Malard, Gerente de Produção Sustentável da Feam; Promotor e Coordenador Regional das Promotorias de Justiça do Meio Ambiente do Alto São Francisco, Francisco Generoso; e a moradora e representante dos moradores dos bairros Manoel Valinhas, Halim Souki, São Luis e Espírito Santo, Maria Aparecida Borges (telefone de contato - 8813-7059)

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.