quarta-feira, 20 de Maio de 2015 09:59h

Tolentino requer audiência para debater situação do Hospital São João de Deus

Com a finalidade de debater a situação do Hospital São João de Deus, que passa por sérias dificuldades econômicas e de atendimento, a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza audiência pública na próxima terça-feira (26)

O autor do requerimento é o deputado Fabiano Tolentino (PPS). A reunião será na Câmara Municipal (Rua São Paulo, 277, Centro).

Tolentino ressalta ainda que o Hospital São João de Deus é referência na prestação de serviços de saúde no Centro-Oeste mineiro e que sua situação afeta todo o sistema da região. “Entendemos que é preciso transparência nesse caso, tanto dos motivos que levaram às condições atuais como sobre quais seriam as medidas necessárias para tentar remediar tudo isso”, acrescenta.

“Dados da Secretaria Estadual de Saúde revelam que 22 pessoas morreram na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Padre Libério, em Divinópolis, só em abril deste ano, aguardando leitos hospitalares. Este é um número assustador e uma realidade que temos que combater”, diz o deputado, destacando a importância da audiência pública.
Tolentino reforça ainda que a construção do Hospital Público é um fator importante para o Centro-Oeste de Minas, “mas o Hospital São João de Deus não pode ser deixado de lado”, justifica. “Precisamos cobrar resultados e investimentos do Governo de Minas, que tem responsabilidade na qualidade da prestação dos serviços de saúde nas nossas cidades”, diz.

Instituição filantrópica ligada à Ordem Hospitaleira de São João de Deus, presente em 51 países, o Hospital São João de Deus, em Divinópolis, começou a ser construído em 1° de junho de 1962 e foi inaugurado em 1° de junho de 1968. Com área construída de 17.600 m², a instituição, hoje, dedica mais de 70% de suas atividades ao Sistema Único de Saúde (SUS), atendendo 57 cidades da região Centro-Oeste de Minas Gerais.

Foram convidados a participar da audiência o prefeito municipal de Divinópolis, Vladimir de Faria Azevedo; o presidente da Câmara Municipal, Rodrigo Vasconcelos de Almeida Kaboja; o secretário de Estado de Saúde, Fausto Pereira dos Santos; o superintendente do Hospital São João de Deus, Afrânio Emílio Carvalho; o diretor do Instituto de Gestão e Perícia, Áriston de Oliveira Silva; o secretário executivo do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Vale do Itapecerica, Marco Aurélio de Oliveira; a superintendente Regional de Saúde da Secretaria de Estado de Saúde, Gláucia Sbampato Pereira; o promotor de Tutela das Fundações, Sérgio Gildin; o promotor nas áreas de Defesa do Patrimônio Público e da Saúde Pública, Ubiratan Domingues; e o promotor de Justiça Coordenador do CAO-Saúde, Gilmar de Assis.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.