sexta-feira, 12 de Junho de 2015 13:34h

Tolentino visita região Central de Minas para buscar atender produtores rurais

O presidente da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG)

O presidente da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o Deputado Estadual Fabiano Tolentino (PPS), visitou na tarde dessa quinta (11) o município de Nova União, na região Central do Estado. A principal demanda dos produtores de banana da região é a pavimentação de cinco quilômetros da estrada de terra que liga o centro do município ao Barracão do Produtor José Geraldo Pinto, no distrito de Nossa Senhora do Carmo.

Tolentino mostrou-se interessado em conhecer a realidade, os desafios e os problemas dos produtores de banana e levar suas demandas ao Governo do Estado. “Esta visita técnica tem o propósito também de dar publicidade ao que está sendo feito no meio rural. Essa é uma das funções do Legislativo – ouvir os diversos segmentos sociais e levar as reivindicações ao Poder Executivo”, explicou.

Ligado à Associação dos Produtores Rurais de Nova União (Apranu), o barracão no distrito de Nossa Senhora do Carmo completará em setembro 16 anos e, desde então, vem centralizando as atividades de produção de banana e movimentando a economia da região. O local reúne 134 produtores, associados à Apranu. De lá, parte semanalmente uma média de 20 mil caixas de bananas, transportadas em 40 caminhões.

O problema maior, contudo, reside exatamente no transporte, já que os veículos têm que percorrer 5.150 metros de estrada de terra, causando prejuízos à qualidade do produto, que sai higienizado do barracão mas chega sujo a seu destino, devido à poeira ou ao barro da estrada. Por essa razão, os produtores locais estão buscando o apoio dos parlamentares da comissão para que intercedam junto ao Governo do Estado no sentido de ajudá-los a asfaltar esse trecho da estrada.

Tolentino se comprometeu em aprovar um requerimento para realização de uma audiência pública da comissão a fim de debater os problemas e demandas do setor.
Além de Nova União e São Gonçalo do Rio Abaixo, também são grandes produtores de banana na região os municípios vizinhos de Taquaraçu de Minas, Caeté, Barão de Cocais e Bom Jesus do Amparo.

Os produtores locais almejam, por isso, transformar a região em um polo de apoio à cultura da banana, com sede em Nova União. Para isso, precisam de suporte governamental, sobretudo no que diz respeito ao asfaltamento da estrada. Um executivo de uma fábrica de doces local confirma que já perdeu um importante cliente da Coreia do Sul pelo fato de não contarem com uma via asfaltada ligando o barracão à sede de Nova União.

O diretor-financeiro da Ceasa-MG, Gustavo Costa de Almeida, explicou que os produtores de Nova União estão suficientemente maduros para crescerem e reivindicarem a implantação de uma agroindústria no município. Segundo ele, o Ministério da Ciência e Tecnologia dispõe de recursos da ordem de R$ 20 milhões para o setor, e desde 2013 existe um projeto pronto para o município orçado em R$ 1,3 milhão. “Precisamos, por isso, nos mobilizar para concretizar isso”, defendeu.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.