sexta-feira, 6 de Maio de 2011 11:00h Sarah Rodrigues

UFSJ quer ampliar campus para atender 10 mil alunos

Prefeito assinou decreto para cessão de terreno

A Universidade Federal de São João Del Rey (UFSJ), Campus Dona Lindu receberá mais um terreno para construção de novos prédios. O prefeito Vladimir Azevedo (PSDB), assinou na manhã de ontem (05) o decreto nº 9.935, que declara de utilidade pública o terreno próximo ao Campus Centro-Oeste. A aquisição faz parte do projeto da universidade em executar o ‘Plano diretor de Expansão da Universidade Federal’, que visa ampliar o campus para em até 10 anos atender 10 mil alunos.


A assinatura do decreto contou com a participação do prefeito Vladimir Azevedo, o reitor da UFSJ Helvécio Luiz Reis, o diretor do campus Eduardo Sérgio, a pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento, Neyla Lourdes Belo, e alunos da instituição.


Durante a solenidade Neyla apresentou o projeto da pró-reitoria e esclareceu que a UFSJ já tem toda uma programação para a ocupação da área. O terreno cedido possui uma área de 250 mil metros quadrados. “Os nossos espaços hoje não acompanham mais a demanda que vamos ter até 2013, precisamos ainda ter almoxarifado, almoxarifado específico para produtos químicos, hoje as áreas disponíveis não atendem isso”.


Neyla ressaltou que a universidade ainda precisa de canil, uma edificação para a prefeitura do campus, garagem e áreas para atendimento da comunidade tanto acadêmica quanto externa, áreas específicas também para os alunos como cantina universitária, área de esporte, alojamento estudantil, por isso a importância de toda a área.


Helvécio Reis acredita que a universidade crescerá mais, principalmente com o apoio do município, com ações voltadas para a educação. “A prefeitura tem sido nossa parceira, e agora a assinatura desse decreto de utilidade pública, que abre a possibilidade de desapropriação dos terrenos onde a universidade tenderá a crescer daqui para frente”.


O reitor esclareceu que quando a UFSJ se instalou em Divinópolis, pediu apoio para toda comunidade e afirma que a cidade merece os investimentos feitos pela universidade. “A UFSJ quer investir em Divinópolis, seus planos são continuar crescendo aqui, seja na graduação, ampliando suas possibilidades de oferta de vagas na graduação, também na pós-graduação, no mestrado e há a perspectiva de termos um segundo mestrado em biotecnologia”, ressaltou.


Segundo Reis as parcerias é que viabilizam o compromisso com Divinópolis. “Encontramos um campus fértil, uma liderança séria, e estamos muito confiantes e certos de que o município, a comunidade divinopolitana tem realmente feito por merecer uma universidade federal aqui nesse território”, conclui o reitor.


INVESTIMENTOS


O prefeito Vladimir Azevedo acredita que o campus Dona Lindu é um patrimônio de Divinópolis, por isso a importância de uma parceria. “O campus Dona Lindu é um dos nossos orgulhos e hoje a gente consolida esta parceria do município com a instituição, o decreto deixará o campus pronto para sua expansão, para dez anos de investimentos”.


Segundo Vladimir a expansão da faculdade representa um crescimento na economia divinopolitana.


Para Azevedo, Divinópolis está investindo maciçamente em educação, e até no ensino superior que não é a parte direta da prefeitura. “Entendemos que é fundamental a integração com o ensino superior que é uma vocação de Divinópolis, pois temos seis instituições de ensino superior. E a universidade significa um aumento de um capital que talvez não tem preço, que é o capital intelectual”, afirmou o prefeito.


Em seu discurso o líder do executivo foi muito aplaudido ao frisar que a prefeitura não estava apenas desapropriando lotes e sim viabilizando a educação.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.