segunda-feira, 26 de Agosto de 2013 06:37h Carla Mariela

Vereador cria projeto “Comunidade em Ação” para atender demandas das comunidades

O vereador Edimar Félix (PHS), em entrevista a Gazeta do Oeste, abordou sobre uma nova proposta de trabalho, que ele junto à seus assessores está realizando nos bairros de Divinópolis. O projeto piloto teve início recentemente e é denominado “Comunidade e

O vereador Edimar Félix (PHS), em entrevista a Gazeta do Oeste, abordou sobre uma nova proposta de trabalho, que ele junto à seus assessores está realizando nos bairros de Divinópolis. O projeto piloto teve início recentemente e é denominado “Comunidade em Ação”.
De acordo com o parlamentar, o objetivo principal é fazer com que alguns dos seus assessores toda sexta-feira façam o trabalho externamente. A ideia é ouvir os cidadãos, os anseios e quais são as prioridades das regiões para que essas sejam levadas ao Poder Público.

 


Conforme Félix, este trabalho foi iniciado no bairro Icaraí e também no bairro Jovelino Rabelo, nos quais a comunidade se apresentou bastante receptiva. Uma vez que o resultado do projeto piloto foi positivo, o vereador pretende realizar o encontro dos seus assessores a partir de agora em todos os bairros da cidade. “Foram vários os pedidos no bairro Jovelino Rabelo e também no bairro Icaraí. São locais próximos, onde foram colhidos alguns depoimentos e dentre estes estaria as reclamações de que muitos cães estão soltos nas ruas, teve a questão também do calçamento das vias, dentre outros assuntos”, destacou.

 


O edil deixou claro que todas as reivindicações voltarão para o gabinete para se tornarem documentos e assim servir de cobranças ao Poder Executivo. Aqueles assuntos que são simples se tornarão indicações e ofícios para que haja as melhorias. Segundo Félix há a possibilidade, em conversa com os moradores e dependendo da reclamação, de esta se tornar um projeto de lei na Câmara Municipal.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.