Vice-governador destaca papel social exercido pela Defensoria Pública em Minas Gerais

Antônio Andrade defendeu, durante posse de 84 defensores, a atuação dos profissionais que garantem a justiça para a população carente do Estado

O vice-governador Antônio Andrade assegurou, nesta terça-feira (22/8), o esforço do Governo de Minas de Gerais para garantir a posse de 84 defensores públicos. Em solenidade realizada no Auditório JK, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, Andrade, que representou o governador Fernando Pimentel, também ressaltou o papel social exercido pela Defensoria Pública no Estrado.
“Devido ao déficit orçamentário do Estado, não poderíamos agregar nenhuma despesa para os cofres públicos. Porém, o trabalho da defensora pública Christiane juntamente com o Governo de Minas garantiu a posse desses novos defensores, pelo papel social que representam em todo o Estado. Muitos não saberiam o que é justiça se não fosse a atuação da Defensoria Pública, que atende a população mais carente de Minas Gerais”, concluiu o vice-governador.
O secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, também enalteceu os defensores públicos, que representam a garantia de diretos.  “O caminho da tolerância, da busca do direito e da justiça, da reafirmação das políticas públicas que incluam, garantam direitos e reduzam as desigualdades devem ser o nosso norte e, portanto, dar essa esperança. Dessa maneira que vejo os defensores públicos, uma nova geração que representa a garantia de direitos”, apontou.
Já a defensora pública geral de Minas Gerais, Christiane Neves Procópio Malar, enfatizou a atitude do Governo de Minas Gerais de oferecer condições para o fortalecimento da classe. “Quero agradecer em nome da Defensoria Pública, o empenho do Governo de Minas, que mesmo em um cenário de dificuldades, garantiu recursos para a realização deste evento e o fortalecimento da Defensoria. Em 2015, conquistamos o maior número de defensores públicos nomeados no Brasil. O Sistema Jurídico Nacional reconhece este importante passo”.
Também participaram da cerimônia no Auditório JK representantes do Tribunal de Justiça, do Ministério Público, do Tribunal de Contas e parlamentares. Com a posse, o número de defensores públicos no Estado passou de 581 para 666, ampliando a abrangência da classe, que irá expandir sua presença para mais 10 comarcas de Minas Gerais, alcançando um total de 113.

Créditos: Marcelo Sant’Anna/Imprensa MG

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.