terça-feira, 26 de Março de 2013 06:27h Carla Mariela

Vice-presidente nacional do PSDB mulher participa da convenção do PSDB e anuncia possibilidade de ser pré-candidata a deputada

Eliana Piola afirmou que o seu nome está à disposição do PSDB para disputar uma cadeira na Assembléia Legislativa

A vice-presidente nacional do PSDB mulher e também secretária das políticas públicas para as mulheres do Estado de Minas Gerais, Eliana Piola, participou no último domingo (24), pela manhã, da convenção do PSDB de Divinópolis para a escolha do novo presidente do partido no município. Durante seu pronunciamento, ela deu as boas vindas para a atual presidente nomeada, Rosenilce Cherie Mourão, ainda comentou sobre a eleição e afirmou do seu compromisso de deixar o seu nome para disputar uma cadeira na Assembléia Legislativa.
Durante o seu discurso, Eliana Piola, deixou claro que o momento da convenção do PSDB em Divinópolis era algo muito especial, considerando que essa é a primeira convenção municipal a ser realizada no país cumprindo a cota de gênero que é prevista em uma resolução assinada pelo presidente, Sérgio Guerra. Para ela, a cota foi definida decorrente de um trabalho árduo, porém, com muita perseverança do PSDB mulher nacional comandado pela presidente Telma de Oliveira. “A tendência agora é a realização da eleição da convenção estadual que vai prevalecer à cota. Em Divinópolis, ter a partir de agora uma mulher presidindo o partido, como a Cherie Mourão, nos dá um fôlego a mais mostrando que o PSDB na cidade tem uma visão aberta, além de contemplar a questão de gênero, que permite uma alternância no poder para o fortalecimento da social democracia. Agora com o PSDB jovem e o PSDB mulher estaremos juntos nesta caminhada”, enfatizou.
Eliana Piola acrescentou dizendo que ela entende que esta convenção é o primeiro passo para que no próximo ano ocorram as eleições em todos os aspectos, como por exemplo, para a presidência do Brasil com o senador Aécio Neves saindo vitorioso e para que o PSDB possa conseguir eleger o maior número de deputadas federais, estaduais e senadoras da sua história em decorrência de toda a movimentação que há no partido.
A vice-presidente nacional do PSDB mulher destacou também, que ninguém entende a política, mas se pelo menos gostar já é meio caminho andado. Conforme Piola, as soluções políticas não são encontradas nos livros das bibliotecas, pois para ela, a política tem que correr na veia, tem que ser o sentimento, saber ouvir. Para ela, o conhecimento é importante apenas para instrumentalizar. “O PSDB tem o pé na estrada, tem o sentir, tem a coragem de fazer todo mundo ir para as ruas junto com os nossos parceiros. O reflexo desta convenção com a participação das mulheres será também o resultado das urnas no ano que vem, pois tenho o meu compromisso de deixar o meu nome ao PSDB para disputar uma cadeira na Assembléia Legislativa. Meu nome já foi colocado como pré-candidata pelo PSDB como deputada estadual. Vamos deixar as coisas fluírem naturalmente”, encerrou.

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.