quinta-feira, 12 de Junho de 2014 06:07h Atualizado em 12 de Junho de 2014 às 06:16h. Carina Lelles

Voos comerciais poderão começar em novembro

Como noticiado pela Gazeta do Oeste na edição de terça-feira, o prefeito, Vladimir Azevedo.

Como noticiado pela Gazeta do Oeste na edição de terça-feira, o prefeito, Vladimir Azevedo, o vice-prefeito, Rodrigo Resende, e os deputados federais, Domingo Sávio e Jaiminho Martins, se reuniram em Brasília para discutir a implantação de voos regulares comerciais em Divinópolis.
A reunião desta quarta-feira, que contou com a presença de representantes da Azul Linhas Aéreas, não foi feita com o ministro da Aviação Civil, Moreira Franco. O ministro teve compromisso em São Paulo e os políticos da nossa cidade foram recebidos pelo chefe de gabinete, Gustavo Canuto. “Fizemos todas as colocações e mostramos as necessidades para retomar nossa linha aérea. Inicialmente a proposta é fazer dois voos diários, três vezes por semana, ligando Divinópolis a Campinas”, revela o deputado federal, Jaiminho Martins.
A outra novidade é contada pelo deputado federal, Domingos Sávio. Ele revela que o aeroporto Brigadeiro Cabral poderá ser classificado como 3 C. “Isso significa investimentos de mais de R$ 10 milhões com ampliação da pista para aeronaves tipo Airbus 319 ou Boing 737 para cerca de 120 passageiros.”
Mas isso é projeto para médio e longo prazo. Para os próximos meses, Jaiminho Martins explica que já foi feito contato com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) solicitando a homologação do aeroporto para aeronaves de até 70 passageiros. O que atende os vôos da Azul.

 

 

 

 

Melhorias
Segundo o prefeito, as pendências foram niveladas e estão avançando para a solução. Para que a linha comercial seja ativada, é necessário que haja uma equipe especializada do Corpo de Bombeiros. “Tem que ter uma equipe própria, treinada, e com caminhão próprio para aeroporto. Já estamos resolvendo com o Estado”, conta Vladimir.
O prefeito ainda revela que é exigido um serviço de rádio base para o aeroporto, mas isso não é mais um problema, conforme conta o deputado Jaiminho Martins. “A Prefeitura já contratou o estudo que vai elaborar o projeto para conseguirmos a autorização da Anatel para que seja possível a aquisição deste equipamento e também a autorização do vôo por instrumentos, que é feito através de satélite e depende de uma autorização do comando da Aeronáutica. Já estamos encaminhando ao comando da aeronáutica a solicitação desta autorização. É um conjunto de ações feitas pelo governo do Estado, Prefeitura, Secretaria de Aviação Civil.”
“O veículo para os bombeiros, caminhão especial para aeroportos, no valor de R$ 800 mil já está sendo adquirido pelo Estado. O dr. Gustavo Canudo ficou de nos dar respostas em 15 dias”, completa Domingos Sávio.

 

 

 

Site
“Existe uma expectativa por parte da Azul e um desejo do governo do Estado de se iniciar os voos em novembro, porém existem as demandas burocráticas, mas todos estão trabalhando para que ainda este ano os vôos sejam retomados em Divinópolis”, ressalta Jaiminho Martins.
Mas de acordo com o site Tudo Viagem, a partir de 6 de novembro a cidade terá pousos e decolagens de aeronaves da Azul Linhas Aéreas. Os voos serão diretos e diários para Campinas. A companhia já pediu autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para iniciar as operações. As informações do site ainda dão conta de que os horários estão sendo analisados pela Anac.

 

 

Origem Saída Destino Chegada Frequência
Campinas 12h40      Divinópolis 14h10    Domingo a sexta
Divinópolis 14h35     Campinas 16h05     Domingo a sexta


Crédito: Divulgação Assessoria

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.