Governador inaugura escritório da Emater-MG em Moema.

Espaço deve atender 200 agricultores por ano e facilitar acesso a crédito rural e incentivos à produção local.

03 NOV 2020

O governador Romeu Zema inaugurou, nesta terça-feira (3/10), a nova sede da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater–MG), em Moema, no Centro-Oeste mineiro.

A abertura do escritório, que deve receber cerca de 200 agricultores por ano, atende demanda dos produtores locais por mais facilidade no atendimento, já que, até então, era necessário ir a Bom Despacho para acessar os serviços prestados pela empresa.

A proximidade com os agricultores de Moema vai possibilitar que a Emater-MG trabalhe com o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), visando a comercialização de produtos da agricultura familiar, além de ações voltadas para a fruticultura, crédito rural com o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e práticas para a preservação ambiental.

Fortalecimento

Durante a inauguração, Zema enalteceu o papel do agronegócio para a economia mineira e ressaltou que o fortalecimento do setor contribui diretamente para a geração de empregos.

"O agronegócio tem prosperado, ano após ano, em Minas e no Brasil. É um setor com muitas oportunidades de trabalho. Apesar da pandemia, essa atividade avançou no estado e estamos fazendo tudo o que está ao nosso alcance para apoiar a produção rural", afirmou.

O governador destacou as ações da gestão para apoiar o agronegócio mineiro.

"A Emater-MG faz um trabalho de suma relevância para o produtor rural. Também atuamos em outras frentes. Trabalhamos para agilizar e simplificar a questão das licenças ambientais, preservando a segurança. Temos avançado na questão tributária, facilitando a emissão de nota fiscal. E procuramos valorizar aquilo que nosso estado produz tão bem, como queijo e café. Minas tem muito para mostrar para o Brasil e para o mundo através dos produtores rurais", disse.

Títulos de regularização fundiária

A secretária de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ana Valentini, lembrou a entrega de mais de mil títulos de regularização fundiária, ação do Executivo estadual para fomentar a atividade do setor.

"O governador tem apoiado as causas da nossa secretaria, principalmente para os pequenos produtores. Entregamos no ano passado mais de mil títulos de regularização fundiária e, neste ano, o programa tem avançado, apesar de todas as dificuldades que o Estado está enfrentando. Tenho certeza de que esse escritório da Emater-MG vai trazer mais produção para o município, o que é bom para toda a comunidade”, ressaltou.

Números

O diretor-presidente da Emater-MG, Gustavo Laterza, destacou números que comprovam a importância do incentivo à produção rural.

"Uma pessoa na cidade custa 22 vezes mais caro que uma pessoa na zona rural. Existe outro estudo que mostra que uma família rural atendida pela Emater-MG tem renda até quatro vezes maior que aquela não atendida. Só esse dado já justificaria o convênio com o município. Somos o braço do Governo do Estado para executar políticas públicas que trazem recurso e desenvolvimento", disse.

Também participaram da inauguração o secretário-geral, Mateus Simões; o secretário de Estado de Governo, Igor Eto; entre outras autoridades.

Parceria

A nova sede da Emater-MG funcionará em um espaço cedido pela prefeitura de Moema no prédio do Executivo municipal. A parceria, feita por meio de convênio, estabelece o atendimento em assistência técnica e extensão rural sendo prestado cinco vezes por semana, de segunda a sexta-feira.

A equipe do escritório será formada por uma extensionista da empresa e uma secretária cedida pela prefeitura.

Emater-MG

A Emater-MG é vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa) e atua na implementação de políticas públicas e ações de assistência técnica e extensão rural no estado.

As ações contribuem efetivamente para o desenvolvimento sustentável da agropecuária e para a melhoria da qualidade de vida de produtores e agricultores familiares. A empresa está presente em 93% dos municípios mineiros, com mais de 350 mil atendimentos por ano.

Pitaia

Ainda em Moema, o governador visitou a Fazenda Vargem Grande, especializada na produção de pitaia, carro-chefe da fruticultura na região.

Segundo dados do Censo Agropecuário do IBGE/2017, Minas Gerais possui 56 estabelecimentos agropecuários que produzem pitaia (com 50 pés ou mais existentes), sendo 53,6% da agricultura familiar.

Minas Gerais é o terceiro maior produtor de pitaia do país, registrando uma produção de 181 toneladas em 2017 (participação de 12,4% no nacional), ficando atrás de São Paulo e Santa Catarina.



 

 

 

 

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.