Paciente com grave histórico de saúde com suspeita de coronavírus morre em Bom Despacho

Homem, de 54 anos, era HIV positivo, obeso, cadeirante e ainda estava com suspeita de coronavírus.
 

Hoje (24), 13h45, morreu em Bom Despacho um homem com histórico grave de saúde. O paciente de 54 anos era cadeirante; tinha HIV positivo há 14 anos; era obeso. Esteve recentemente em Goiânia e veio de lá com suspeita de coronavírus.

Para fins de controle epidemiológico, foi coletado material para exame. O resultado deverá sair em cerca de 10 dias.

Com este caso, em Bom Despacho há 22 pacientes com suspeita de coronavírus. Entre eles, uma mulher de 54 anos, fumante, que em estado grave foi transferida para CTI em Belo Horizonte. No momento, o estado de saúde dela é estável.

Além destes, há um caso confirmado de coronavírus que foi computado para Bom Despacho. Refere-se a uma mulher que reside neste Município, mas contraiu a doença no exterior e está se tratando em Belo Horizonte. Depois da contaminação, a paciente não esteve em Bom Despacho e por isso, não terá efeito epidemiológico para a população daqui.

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.