Polícia Militar de Itaúna detém acusados de prática de boca de urna próximo a escola.

Um dos acusados é candidato a prefeitura da cidade.

15 NOV 2020

ILÍDIO LUCIANO

O candidato à prefeitura de Itaúna, Alessandro Silva Tomaz e outras duas pessoas foram detidas pela Polícia Militar, por suspeita de prática de boca de urna nas proximidades de um colégio eleitoral da cidade.

Segundo informações contidas no boletim de ocorrência, os militares receberam uma denúncia anônima informando que o candidato estaria em companhia de uma mulher e um homem, utilizando crachás e pedindo votos para Alessandro, próximo a Escola Estadual João Dornas Filho.

Os suspeitos negaram a prática de boca de urna e nenhum material foi encontrado com eles. Todos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil.

© 2009-2020. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.