Remidos do Estrela do Oeste Clube atendem chamado do Grupo Gestor e começam a contribuir.

11 JUN 2021

Os sócios remidos do Estrela do Oeste Clube atenderam ao chamado do Grupo Gestor e estão contribuindo com as parcelas de R$ 200 para o fluxo de caixa do clube. Uma correspondência foi enviada para os quase 1,5 mil remidos explicando os motivos da contribuição.

Na correspondência, o Grupo Gestor explicou a nova fase do clube. O grupo é formado por 11 associados (sócios e conselheiros) e  cada um é responsável por um setor do clube. Para manter o Estrela com as contas financeiras saudáveis, o sócio remido terá um papel de extrema importância nesta recuperação.

O empresário Eduardo Coelho Gonçalves e sua família são sócios remidos. Juntos possuem quatro cotas e estão convencidos da nova proposta.

“Somos quatro primos/irmãos, que possuímos cotas remidas, fomos até o clube, me receberam super bem. Me apresentaram o que já fizeram e o que vão fazer. Acredito no trabalho das pessoas que estão à frente neste projeto. Já começamos a pagar.  Quem tiver dúvidas pode ir até o clube para esclarecimentos”, destacou o empresário.

O advogado Daniel Cortêz Borges ressaltou a necessidade de contribuir neste novo momento do Estrela.  

“O momento é requer voto de confiança que vou dar aos que estão a frente desde novo rumo, que pode ser determinante para o clube. Acabei de pagar minha cota parte”, afirmou o advogado.

Ana Clara, filha de uma sócia remida, destacou a importância de quitar os boletos enviados. “Minha mãe é sócia remida e vamos pagar. Contamos muito com esse grupo gestor. Sabemos que o grupo está sem receber nada. Estamos quitando o carnê e pode contar com a nossa família”, ressaltou.

© 2009-2021. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.