quarta-feira, 23 de Novembro de 2011 13:31h Cristiane Fernandes

ACCCOM realiza palestras para informar a população sobre o câncer infanto- juvenil

Hoje é o dia Nacional de Combate ao câncer infanto-juvenil, durante toda a semana a Associação de Combate ao Câncer do Centro Oeste de Minas, ACCCOM, está com um projeto de palestras educativas e preventivas em escolas. O objetivo é promover atividades com o intuito de esclarecer a população, especialmente os pais ou responsáveis por jovens e crianças, para ficarem mais atentos à doença.


De acordo com o Instituto Nacional de Câncer, INCA, o câncer representa a primeira causa de morte por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos. “Os tumores das crianças são bastante incidentes, crianças que morriam de outras causas agora têm câncer” informou o oncologista da ACCCOM, Roney Quirino.


As crianças são mais afetadas pela leucemia, recém-nascidos adquirem os tumores devido há algum distúrbio nas células ao nascer “Os tumores mais frequentes, em crianças, são a leucemia, as leucemias agudas, os linfomas, os tumores de sistema nervoso central, os neuroblastoma, os tumores ossos e os sarcomas. Em recém-nascidos acontecem os chamados tumores germinativos, na região dos testículos e sacral” esclareceu o oncologista.


Em crianças o tratamento é mais rápido e mais eficaz comparado com os cuidados com os pacientes adultos, porém com elas é mais difícil a prevenção, pois o câncer atinge crianças até mesmo com dias de nascimento. “Com a criança é mais difícil, com o adulto você alerta sobre a prevenção, sobre os cuidados alimentares e sobre o uso do cigarro e do álcool, eles são fatores extremamente desencadeadores. Já o tratamento com as crianças é mais complexo, o possível é a detecção precoce” explicou Roney.


Quando descoberta a doença, é necessário um tratamento completo e cuidadoso, com as crianças a doença progredi dez vezes mais rápido. “A duplicação da célula nas crianças acontece em um tempo muito curto e esse fato facilita o tratamento porque assim, o quimioterápico entra na célula mais fácil” explicou o médico.


O tratamento do câncer pode ser feito através de cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou transplante de medula óssea.

 

Tipos de câncer mais comuns em crianças e adolescentes

 

Leucemia
Inicia nas células que formam o sangue, a "fábrica" do sangue. Existem tipos diferentes de leucemias que são classificadas de acordo com o tipo de célula do sangue que está afetada.

Tumor de Wilms
Ocorre nos rins.

Linfoma
Afeta os linfonodos, que são importantes na luta contra infecções. Esta doença é mais comum em adolescentes e adultos.

Neuroblastoma
Origina-se de algumas células do sistema nervoso que encontram-se ao longo da coluna vertebral.

Rabdomiossarcoma
Origina-se nas células musculares e costuma atingir crianças abaixo de 5 anos de idade. O tumor pode aparecer na cabeça, pescoço, tórax, abdômen ou extremidades (pernas e braços). Os sintomas variam conforme a localização do tumor.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.