quinta-feira, 24 de Novembro de 2011 10:04h André Bernardes

Agentes de trânsito passam por capacitação

O projeto é uma iniciativa da Settrans, visando a melhoria do trabalho desempenhado pelos agentes na rua. Serão diversas ações internas. Na manhã de ontem, os agentes participaram de uma palestra com o promotor Gilberto Osório

Os agentes de trânsito participaram na manhã de ontem, 23, de uma palestra ministrada pelo promotor Gilberto Osório. O evento faz parte de um ciclo de atividades do projeto “Ser Agente”, que visa capacitar e reciclar os conhecimentos dos agentes de trânsito de Divinópolis.


A palestra foi organizada pela secretaria de Trânsito e Transportes, Settrans e reuniu uma média de trinta agentes no auditório da secretaria para ouvir o promotor que falou sobre a responsabilidade de lidar com pessoas em momentos de conflitos. O secretário de trânsito Júlio Valério, disse que essa reciclagem é importante para o bom desempenho da função dos agentes. “O que ocorreu foi uma palestra com o promotor Gilberto Osório dentro de várias palestras que a Settrans está fazendo com os agentes para capacitá-los e que estejam preparados para enfrentar qualquer situação em uma abordagem, desenvolver seu trabalho da melhor maneira possível, ter conhecimento e fundamentação necessária para exercer sua função e assim orientá-los da melhor postura para ser adotada perante o cidadão, para que aquele momento de abordagem que muitas vezes não é tranquilo” disse.


Divinópolis conta hoje com 35 agentes de trânsito que orientam e fiscalizam o trânsito da cidade. No início deste ano, a secretaria foi alvo de reclamações de diversos cidadãos alegando abuso de autoridade e multas abusivas. “Nós sabemos que o brasileiro tem dificuldade de respeitar regras e como o agente está ali para orientar as pessoas e ele percebe que algum motorista infringiu as regras e é importante ser penalizado, o agente tem que ter conhecimento, prudência para aplicar a multa no momento certo. Estamos cuidando para que não haja excesso na hora de um momento delicado. Estamos fazendo um circuito de palestras e esse treinamento é contínuo” explicou Júlio.


Capitão Gerson Luiz de Freitas, coordenador de fiscalização e educação no trânsito diz que a palestra foi enriquecedora. “O promotor  tem uma experiência com os conflitos, foi enriquecedor” disse. O capitão afirma que este ciclo de palestras é importante para o trabalho que os agentes levam para as ruas. “Já realizamos algumas palestras e vamos levar mais formadores de opinião para ter este contato com os agentes. O funcionário público tem que estar  sempre reciclando para fazer um bom trabalho” concluiu

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.