quarta-feira, 21 de Dezembro de 2011 09:36h Sarah Rodrigues

Coleta seletiva já atinge cerca de 80% do município

A coleta seletiva tem evitado que uma maior quantidade de lixo seja levada ao aterro controlado do município. Todos os dias, dois caminhões se revezam na coleta pela cidade, passando pelos bairros já atendidos em dias específicos da semana

A coleta seletiva iniciada em Divinópolis no mês de novembro, já cobre 80 % do município. Dois caminhões fazem a coleta dos recicláveis nos bairros da cidade. O que chama a atenção é que grande parte da população ainda não aderiu a coleta e acabam deixando de separar o material que deveria ser reciclado. Para o prefeito Vladimir Azevedo as famílias divinopolitanas precisam ser conscientizadas sobre a importância da coleta e para isso o município tem trabalhado junto à população, “Nós temos várias frentes. As escolas com o foco através das próprias crianças, a secretaria de saúde através da atenção primária e os agentes dos programas de saúde da família e as lideranças comunitárias fazem o trabalho, então é um processo de criar uma nova cultura” ressaltou o prefeito.


O secretário de meio ambiente, Pedro Coelho, acredita que o maior desafio é mudar os costumes da população para que os divinopolitanos passem a separar o lixo reciclável do restante do material descartado. Além disso, o secretário considera que a coleta seletiva é de extrema importância por evitar que uma maior quantidade de lixo seja levada ao aterro controlado do município. Todos os dias, dois caminhões se revezam na coleta pela cidade, passando pelos bairros já atendidos em dias específicos da semana.


Pedro avalia que a coleta seletiva é uma iniciativa que apesar de ter aumentado seus números em Divinópolis, terá resultados mais vísiveis a médio prazo, cerca de um ano após ter sido implantada e pede para que os divinopolitanos que já separam o lixo reciclável conscientizem os vizinhos e familiares para aderirem à coleta seletiva e ficarem atentas aos dias em que o caminhão irá passar pela região onde moram. O secretário pede ainda que os moradores do centro da cidade separem o lixo para que os catadores autônomos que fazem a coleta por conta própria possam levar o material a ser reciclado.

 

 

CRONOGRAMA
Veja abaixo os dias da coleta nos bairros da cidade:

Segunda e sexta-feira: Vila Belo Horizonte, Santa Luzia, Catalão, São José, São Miguel, Dom Pedro II, São Judas Tadeu, Sidil, Afonso Pena, Nova América, Esplanada, Porto Velho, Niterói (parte 1) Interlagos (parte 1), Ponte Funda, Nações.

Terça e quinta feira: Interlagos (parte 2), Santa Teresa, Nossa Senhora das Graças, Mar e Terra, Cidade Jardim, Nova Holanda, Tietê, Planalto, Santo Antônio, LP Pereira, Capitão Silva, São Sebastião, Bom Pastor, Prol. Bom Pastor, Padre Libério, Danilo Passos, Danilo Passos II, Manuel Valinhos, São Tomás, Universitário, Espírito Santo, Niterói (parte 2), Bairro do Carmo.

Quarta feira: Mangabeiras, Maria Helena, Vale do Sol, Sagrada Família, Davanuze, Nossa Senhora da Conceição, Alvorada, Nova Fortaleza, Serra Verde, Conjunto Habitacional Serra Verde.

Sábado: Jardim Betânia, Orion, Sion, São Roque, Dulphe Pinto de Aguiar, Belo Vale, Rancho Alegre, Jardim Brasília, Ermida, Ipiranga.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.