domingo, 27 de Novembro de 2011 10:22h Sarah Rodrigues

Coro Corinho incentiva a música em Ermida

Alunos aprendem valorização da cultura

Mais de 50 crianças, alunos da escola Municipal Veneza Guimarães em Santo Antônio dos Campos, participam do projeto “Coro, Corinho” do músico Gê Lara. Através do projeto os estudantes interagem em grupo além de aprenderem a valorizar a cultura musical.


Muito empolgados na tarde de ontem (25) os estudantes fizeram um último ensaio antes da apresentação do projeto na Praça da Catedral a partir das 18h. O show é chamado “Canções Brasileiras” composto por canções populares brasileiras e de importantes compositores como: Caetano Veloso, Guilherme Arantes, Marcus Viana, Milton Nascimento e Fernando Brant, além de canções autorais de Gê Lara.


Os alunos treinaram durante todo o ano, ensaiaram a apresentação e estão muito orgulhosos.Durante o ensaio todos cantaram e dançaram ao som de Gê Lara, Daniel Penido e Zé Guela. Priscila Ester da Silva espera ansiosa pela apresentação e conta que aprendeu muito durante as aulas que ocorrem todas as tardes de segunda feira. “Aprendi muitas coisas, o Gê e a Roberta são super legais, ensinaram a gente super bem, músicas legais, que eles inventam, às vezes de outras pessoas como uma que o Gê Lara compôs com um amigo dele e então contou toda a história para a gente através da música. Adoro participar!” exclama a estudante.


De acordo com o músico Gê Lara, as crianças aprendem a técnica vocal focados na música brasileira.“As crianças aprendem uma noção do que é música, então é uma iniciação musical onde a gente trabalha o vocalize que é muito importante, além de ser um aquecimento vocal e ele também ajuda a afinar ele é feito em escala, então é muito importante”.


O músico explica que as crianças aprendem a música brasileira, mas a cultura mineira também é muito utilizada. “A gente dá mais ênfase à musica mineira, que é muito rica e que infelizmente a gente escuta muito pouco no rádio, na TV, nos veículos de grande alcance, a gente traz um repertório selecionado, as crianças aprendem é importante culturalmente para elas”, avalia.


Sobre a importância do projeto, Lara acredita que as crianças interagem mais com a sociedade e aprendem a ter um equilíbrio através da música. “A música é o melhor veículo de equilíbrio para uma pessoa, é tão primordial como o ar e água para mim. A música tem a finalidade de canalizar um grupo de pessoas para uma coisa só, ajuda na concentração, é também uma maneira de educar”, acrescenta o músico.


O projeto “Coro, Corinho”, é desenvolvido através da lei municipal de incentivo à cultura, ele já foi desenvolvido em outras escolas e também outras cidades. “Ele é anual e não se prende a uma escola, ou cidade, é um projeto livre, tanto que começou em 2002 em Pedro Leopoldo e ficamos lá por quatro anos, até que culminou com a gravação de um CD”.


Após a apresentação de domingo os alunos também se apresentarão no dia 07 de dezembro as 18h na Escola Municipal Veneza Guimarães.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.