sexta-feira, 2 de Dezembro de 2011 17:47h Atualizado em 3 de Dezembro de 2011 às 09:37h. Flaviane Oliveira

Crianças esperam ansiosas pelos pedidos feitos ao “Papai Noel dos Correios”

As cartas podem ser retiradas na agência da Antônio Olímpio

“Papai Noel eu quero pedir de Natal uma toalha de banho, sou o mais novo de quatro irmãos e na hora que vou tomar banho a toalha já está muito molhada”. Esse é um dos pedidos encontrados em uma das cartinhas endereçadas ao Papai Noel dos Correios. Algumas crianças pedem emprego para seus pais e em alguns casos o pedido é tão simples que chega a emocionar: um pote de manteiga para passar no pão como o que é visto nos comerciais da televisão. As crianças que terão seus pedidos atendidos em cada uma das cartinhas deixadas nos Correios estão cursando no máximo o 4º ano do ensino fundamental. No mais os pedidos são bem variados, roupas, calçados, cestas básicas, brinquedos, chocolates e material escolar.


As cartas das crianças que poderão ter seus pedidos atendidos foram recolhidas até 11 de novembro. Os alunos são das escolas são o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Maria Lúcia Gregório, o CMEI Jesus Pereira da Costa, o CMEI Professora Maria Dalva, o CMEI José Maria Santos, o CMEI Maria Arantes de Oliveira, a Escola Municipal Professora Eveline Greco Santos e as escolas estaduais Nossa Senhora do Sagrado Coração, Rosa Vaz e Dona Diva.


O período de apadrinhamento das cartinhas vai até o dia 16 de dezembro. De acordo com o gerente regional dos Correios, Luiz Brinatti, as cartas podem ser retiradas somente na agência da Avenida Antônio Olímpio de Morais no hall de entrada. O interessado deve selecionar um das correspondências e deixar o presente nos correios para que a entrega seja realizada.
No caso das empresas que queiram distribuir as cartas para os funcionários, Brinatti ressalta que o responsável pode entrar em contato pelos telefones (37) 3213-4150 ou (37) 3213-1766 e solicitar que os correios façam a entrega na empresa.


No último ano foram recebidas 9.300 cartas em toda a região e todas foram atendidas. Em Divinópolis esse número chegou a 3.300 pedidos que também foram atendidos. Dessa forma o gerente dos correios chama a atenção para a importância para o gesto de solidariedade da vida de cada uma dessas crianças que aguarda com grande expectativa pelo presente do Papai Noel.

 

 

INICIATIVA


Luiz Brinatti conta que a iniciativa de realizar a campanha das cartinhas do Papai Noel dos Correios surgiu há 22 anos, momento em que a empresa percebeu que vinha recebendo várias cartas endereçadas ao Papai Noel, no período que antecedia o Natal. E nesse momento os carteiros dos Correios começaram a apadrinhar as cartinhas e enviar presentes para as crianças. E desse gesto é que a ação tomou grandes proporções e se tornou a campanha “Papai Noel dos Correios”.
A cada edição a campanha tem atingido mais crianças. Nesse ano estão disponíveis na agência dos correios da Avenida Antônio Olímpio 1200 cartinhas para serem apadrinhadas e no total das 15 agências da região centro oeste o número de cartas esperando para serem respondidas é de 5.700.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.