quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011 10:16h Atualizado em 15 de Dezembro de 2011 às 10:20h. Sarah Rodrigues

Manifestação sobre a situação do Trevo do Icaraí

Hoje a partir das 16h30 membros da Acid, moradores e motoristas que trafegam pelo MG 050 próximo ao trevo do Icaraí farão uma manifestação pacífica para reivindicar melhorias na região. O protesto deve durar cerca de uma hora

A duplicação da MG 050 na área próxima a entrada para o Centro Industrial no bairro Icaraí é uma reivindicação antiga dos moradores, motoristas e trabalhadores da região. Principalmente no horário de saída dos trabalhadores entre as 16h30 e 17h30 um grande congestionamento se forma no trevo e os motoristas chegam a ficar até meia hora esperando para conseguirem fazer o retorno no sentido bairro/centro.


Hoje a partir das 17h uma manifestação distribuirá panfletos e tentará mais uma vez chamar a atenção das autoridades para o problema. Inicialmente o protesto começou a ser organizado pela Acid (Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Divinópolis), mas motoristas e a população confirmaram participar do evento.


De acordo com Carlos Moacir presidente da Acid melhorias na região são uma reivindicação antiga da população. Ele avalia que o intuito da manifestação é chamar a atenção das autoridades uma vez que a saída do Centro Industrial é muito cheia e os motoristas têm reclamado muito.  “Nós queremos chamar a atenção das autoridades e até do Governador do estado para que o problema seja resolvido”.


O presidente explica que a Acid já vem lutando para que melhorias sejam feitas há muitos anos e que ele já participou de reuniões com o presidente do DER e outras autoridades e que nenhuma solução é dada à população. Várias foram as tentativas, junto às autoridades e órgãos competentes, de solucionar esse problema que vem ocasionando um transtorno para empresários, funcionários do Centro Industrial, além de moradores que trafegam na região. Para Moacir chegou a hora da população mostrar que tem força e reivindicar seus direitos.


Com a complicação no trecho do Centro Industrial, o polo industriário do município, as grandes empresas não querem se deslocar para cá. “Quem perde é a cidade, grandes empresas não querem vir para Divinópolis devido a esse gargalo”, acrescenta.
Carlos explica que já existe um projeto na região para a duplicação da MG 050 e a criação de uma alça para que o trânsito flua adequadamente. “Já existe um projeto que não é colocado em prática e nós pedimos que ele seja efetivado”.


A manifestação será pacífica e panfletos serão distribuídos. Em nota enviada pela assessoria de comunicação da Acid fica bem claro que o protesto será realizado com muita ordem e respeito “O objetivo dessa mobilização é de sensibilizar as autoridades e órgãos ligados ao tráfego da MG-050 quanto à dificuldade que, diariamente, os trabalhadores do Centro Industrial e moradores de bairros adjacentes enfrentam no final do expediente para retornar as suas casas. Contudo, trata-se de um ato pacífico e ordeiro, sinalizando um alerta quanto à segurança de todos que trafegam na MG-050”, informou a nota.


O motorista Eustáquio Oliveira conta que já ficou 30 minutos na fila depois que saiu do Centro Industrial para retornar para a cidade. “É um absurdo isso aqui, é a entrada da cidade, os visitantes vêm para Divinópolis e se deparam com isso, nas sextas-feiras aqui é um caos”, conta.
Oliveira ressalta que moradores já reclamaram e os riscos de acidentes são constantes, no trecho é comum a passagem de veículos pesados, que sobem a MG muito devagar, o que favorece o congestionamento. “Muitos veículos principalmente, as motos muitas vezes se arriscam entre os caminhões para passarem, a gente vê muita coisa por aqui”, acrescenta.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.