quinta-feira, 22 de Dezembro de 2011 14:26h Cristiane Fernandes

Moradores sofrem com situação precária de rua

População do bairro Nossa Senhora das Graças, há 40 anos, não conseguem caminhar tranquilamente na rua José da Paz

Problemas com ruas sem calçamento nesta época do ano são comuns em vários bairros da cidade, devido ao tempo chuvoso. Mas no bairro Nossa Senhora das Graças, o problema existe a muitos anos, além do estado precário da rua José da Paz, com muitos buracos, outro problema enfrentado pelos moradores é a água da chuva que várias vezes tem entrado nas residências.


A rua José da Paz acaba em um córrego, assim toda água da chuva é, diretamente, encaminhada para ele, porém, ultimamente os moradores tem tido muito problemas com a enxurrada que invade as casas. O vereador Milton Donizete, esteve no local para verificar a situação dos moradores, “no bairro Nossa Senhora das Graças existe uma pequena rua que acaba no córrego, assim toda água da chuva cai nessa rua e segundo moradores, isso acontece a 40 anos” ressaltou.


Os moradores têm dificuldade de se movimentar no local, pois automóveis não conseguem trafegar pela rua e de acordo com relato do morador Jose Ribeiro Teixeira, quando uma pessoa passa mal nas residências, o socorro não consegue chegar à casa da vítima “quando sofri infarto, fui carregado nos braços pelos enfermeiros até a ambulância, devido o estado da rua é impossível o resgate chegar ate as casas” informou.   

                                                                        
O vereador Milton Donizete, disse ser necessário fazer um projeto e calçar a rua o mais rápido possível “precisamos de um projeto grande e amplo para poder calçar ou ate mesmo asfaltar a rua e trazer melhores condições de vida aos moradores da rua” informou.


Porém, os moradores não acreditam nas promessas e dizem já ter feito várias reportagens e reclamações a respeito da situação da rua, mas nada é feito. José Teixeira ainda informou ter problemas com animais peçonhentos, como aranhas, escorpiões e cobras na região “devido a grande quantidade de mato e a situação da rua, com grande buracos e com esgoto a céu aberto, vários bichos aparecem no local” reclamou.


Desta vez, o vereador esperar realizar a obra entre 12 meses, até mesmo, porque na última semana, entrou água na casa dos moradores, devido à situação do local “esperamos realizar a obra em 12 meses e a expectativa é fazer algo de concreto de 3 a 4 metros de extensão e largura, para assim, comportar a água e solucionar o problema, pois tem entrado água da chuva nas casas” informou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.