quarta-feira, 7 de Dezembro de 2011 17:38h Atualizado em 8 de Dezembro de 2011 às 09:16h. Sarah Rodrigues

Motoristas atolam e moradores ficam ilhados

Poeira se transformou em barro na “Estrada velha de Cajuru” e os motoristas que tentaram trafegar pela via atolaram, o motivo segundo os moradores é que uma Patrol realizada pela prefeitura municipal dificultou o acesso, modificando a terra da rua

A chuva dessa terça-feira (06) trouxe muitos transtornos aos moradores de algumas zonas rurais que precisaram utilizar a “estrada velha de Cajuru”, que liga Divinópolis a comunidades rurais e ao município de Carmo do Cajuru. O motivo segundo a população é que a prefeitura municipal utilizou a patrol, para melhorar as estradas, mas com a chuva a estrada ficou muito ruim e a maioria dos motoristas que passaram pelo local atolou.


Os moradores das comunidades rurais alegam que as estradas estavam com muita poeira, mas transitáveis, depois que a patrol passou é que ficou ruim. Muitos motoristas se arriscaram a continuar o trajeto e atolaram, os moradores pediram para que a prefeitura colocasse cascalhos no local para evitar mais atolamentos.
Segundo os moradores até os ônibus que vão para as comunidades rurais, quando chove não estão passando, quem não possui veículo fica ilhado na comunidade. Um morador que preferiu não ter seu nome divulgado conta que iria para a comunidade de Passagem e não houve ônibus. “Esperei no ponto e ele não veio, devido ao tempo e as condições da estrada é comum os coletivos não circularem”, conta.
O motorista José de Oliveira explica que por não ter outro caminho a ser percorrido até a sua comunidade, tem que passar pela estrada. “Boa ela não está, mas temos que arriscar, não tem outro caminho, se atolar temos que esperar outro veículo para ajudar ou buscar ajuda”.


De acordo com o motorista nesta época do ano são comuns os atolamentos, mas estes foram acentuados pela patrol. “Deveriam colocar cascalho na rua, os veículos pesados têm dificuldade de passar”, ressalta.
No momento em que a equipe da Gazeta esteve no local alguns carros tiveram dificuldade já no início da estrada para passarem, alguns pontos devido a localização da estrada ficaram muito encharcados com a água da chuva. Os motociclistas que se aventuraram a passar pelo local escorregavam, quem já conhece a estrada trafegou com mais cautela.

 

 

ESTRADAS


Antes do período chuvoso algumas estradas rurais como na comunidade de Amadeu Lacerda receberam melhorias por parte de uma parceria entre a Semag (Secretaria Municipal de Agronegócios) e o governo do estado. Mais de um milhão foram investidos nas zonas rurais. Mas, a estrada “velha de Cajuru” não fez parte do projeto, a reportagem da Gazeta tentou contato com o secretário municipal de Agronegócios para saber se há previsões de melhorias na estrada ou alguma medida paliativa como o despejo de cascalho para evitar atolamentos, mas fomos informados que Paulo Marius estava no prédio da prefeitura e seus dois celulares estavam desligados, até o fechamento da matéria por volta das 17h não obtivemos retorno.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.