quinta-feira, 24 de Novembro de 2011 10:55h André Bernardes

Neac inicia festival de teatro

O núcleo de estudos de artes cênicas, NEAC, começa hoje mais um festival de teatro. Serão dez espetáculos divididos em oito dias de apresentação que irão do drama a comédia. Mais de oitenta pessoas estão envolvidas no festival que também terá apresentações gratuitas.


O festival do NEAC já é conhecido na cidade. Porém este ano ele está com diversas novidades. A abertura que será realizada hoje as 20h no Teatro Municipal Usina Gravatá, será com espetáculo “Das laranjas ao delírio”. O drama é encenado pela atriz Samira Reis e com participações de Gilherme Duarte, Eliane Assunção, Mariana Freitas e Pedro Henrique Nunes. A entrada é um material de limpeza que será doado para a Casa Coração de Criança. Amanhã será a vez da comédia “A Usurpadora Cover” escrita por Gustavo Freitas, ator do NEAC e que promete levar o público a muitas risadas. O ingresso é R$7,00. Sábado é a comédia “Todo mundo e minha Sogra” e no  domingo o espetáculo infantil “A menina da caixa de papelão” as 17h e “Pagando bem que mal tem” as 20h.


Durante toda a semana serão apresentados espetáculos do festival no Gravatá. “Nós queríamos convidar a todos para participarem do festival, está muito especial, com 90% dos textos inéditos, o elenco está trabalhando muito e com o apoio das empresas e da secretaria de Cultura” contou Markus Marques, diretor do NEAC. Dentre os espetáculos, alguns se destacam pela inovação como o “Janela da Frente- Esquizódromo”, um espetáculo minimalista que retrata o cotidiano visto de janela. Este espetáculo também tem entrada franca e será apresentado no dia 28 as 20h.  Outro destaque é a peça “Almas enclausuradas 3- a saga continua”, no dia 01 de dezembro, montada pelo ator Luiz Cláudio. “É um espetáculo muito dinâmico, despretensioso e com muita música e cenas curtas. O ingresso para este espetáculo é R$5” disse Markus. Para finalizar o festival, Markus traz a grande novidade do festival, o espetáculo “O beijo no asfalto” de Nelson Rodrigues. “Beijo no asfalto é uma adaptação livre minha é um trabalho inédito que fala de preconceito e da ditadura militar” contou. A peça será encenada no dia dois de dezembro e o ingresso é um material de limpeza. A censura deste espetáculo é 16 anos.
Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente pelo telefone 3212- 8435 ou 8801-8102.

 

 

Programação completa

 

24/11 - quinta-feira - 20 horas


 


Das laranjas ao delírio - entrada franca mediante doação de material de limpeza (texto de Markus Marques) censura: 14 anos
25/11 - sexta-feira - 20 horas A usurpadora cover
(texto de Gustavo Freitas)
ingresso: 7,00


26/11 – sábado - 20 horas


Todo mundo e minha sogra
(texto de Markus Marques)
ingresso: 7,00


27/11 – domingo - 17 horas


A menina da caixa de papelão
(texto de Markus Marques)
ingresso: 7,00


27/11 – domingo - 20 horas


Pagando bem que mal tem?
(texto de Markus Marques com argumentos de Martins Pena)
ingresso: 7,00


28/11 – segunda-feira - 20 horas


A janela da frente (esquizódromo) - entrada franca mediante doação de material de limpeza
(texto de Markus Marques)


29/11 – terça-feira - 20 horas

O santo milagreiro  - entrada franca mediante doação de material de limpeza: detergente, agua sanitária, sabonetes e outros.

( texto de Markus Marques)


30/11 – quarta-feira - 20 horas


O causo da pata rosa (texto de Markus Marques)
ingresso: 7,00


01/12 – quinta-feira - 20 horas


Almas enclausuradas 3 - a saga continua
ingresso: 5,00


02/12 – sexta-feira - 20 horas
O beijo no asfalto  - entrada franca mediante doação de material de limpeza (adaptação livre da obra de Nelson Rodrigues feita por Markus Marques) censura 16 anos

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.