quarta-feira, 30 de Novembro de 2011 11:01h Sarah Rodrigues

Português e matemática são as disciplinas consideradas mais difíceis

Pais devem estar atentos às dificuldades apresentadas dos alunos

Priorizadas nas escolas as disciplinas de Português e Matemática são as que convivemos a maior parte da vida escolar, praticamente todas as outras matérias aplicam um ou outro ramos das disciplinas. Quando não entendem, ou têm dificuldade em aprender os alunos se fecham para as matérias chegando a odiá-las.


As duas matérias estão presentes no nosso cotidiano. Contudo, o Português ainda é o preferido dos estudantes. A estudante Laís Coelho conta que sempre preferiu o Português. “Cheguei até a ter dificuldade em Matemática no Ensino Médio, por mais que eu estudasse a matéria não me entrava na cabeça”. Depois das experiências com a disciplina a estudante começou a cursar Letras.


Já Janaína Oliveira também teve dificuldades com a Matemática com as séries iniciais. “Estudava muito, fiz aulas de reforço, peguei recuperação custei a passar, depois percebi que o problema não era somente comigo”, revela. Depois de muita dificuldade Janaína mudou de escola, e começou a estudar mais. “Aprendi a estudar a matéria, gostei tanto que fiz vestibular para matemática e serei professora”, brinca a universitária.


Para o professor de Português Leonardo Freire as duas matérias são difíceis, mas a Matemática é uma matéria exata, ao contrário do Português. “São duas matérias complexas, mas o Português pega muita gente, o bom da matemática é que dois e dois são quatro e em Português nem sempre”. Sobre a dificuldade dos alunos o professor avalia que é preciso muita atenção nas séries iniciais. “Português é uma matéria básica e muita gente não tem domínio da própria língua.”


Freire avalia que muitas pessoas têm dificuldades no Português desde as séries iniciais, por isso os pais devem ter muita atenção na educação dos filhos. “O problema do nosso Português vem do básico, das séries iniciais, então o problema é a educação mesmo”, explica.
Para os alunos que possuem dificuldade nestas matérias o ideal é fazer aula de reforço, pois muitas vezes assistir aula em conjunto pode dispersar a atenção.

 

 

CAUSAS DA DIFICULDADE


Segundo especialistas entre os principais motivos da dificuldade dos alunos estão a ansiedade e o e medo de fracassar dos estudantes em conseqüência de atitudes transmitidas por pais e professores e da metodologia e dos conteúdos muitas vezes inadequados.
Além disso, a falta de motivação, que pode ter sua origem na relação da própria família com os estudos que vão desde falta de importância dada pelos pais ao conhecimento em si, ou até na ligação da escola com castigos ou a algum tipo de pressão.


As questões emocionais também podem atrapalhar o aprendizado dos alunos, assim a ansiedade e agitação gerada por acontecimentos novos ou ansiedade exagerada causada pelos efeitos de medicamentos que interferem no ânimo podem causar problemas de memória ou concentração
Problemas cognitivos, ou de formação como problemas de maturação do Sistema Nervoso Central, transtorno de déficit de atenção/hiperatividade ou distúrbios de memória auditiva, também podem influenciar no aprendizado. Por isso os especialistas recomendam que os pais estejam sempre às dificuldades apresentadas pelos filhos.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.