terça-feira, 13 de Dezembro de 2011 13:24h Flaviane Oliveira

Supermercados e lojas especializadas já estão prontas para o Natal

Panetones, castanhas e cestas natalinas lotam as prateleiras

Panetones, castanhas, frutas secas e as conhecidas cestas natalinas já lotam as prateleiras dos supermercados e lojas do segmento na cidade e os comerciantes já verificam aumento na procura por alimentos típicos da ceia de Natal. Mas apesar de toda a movimentação, é na semana que antecede o Natal que o movimento aumenta de forma mais considerável, isso porque a velha mania de deixar tudo para a última hora ainda é muito presente tanto em Divinópolis como em todo o país. E o período promete um Natal para todos os gostos e bolsos, marcado pelo aquecimento do comércio, não só o de presentes, mas também o de alimentos, deve oferecer uma quantidade bem maior de itens que são tradicionalmente procurados pelos que apostam nas comemorações da noite do dia 24 de dezembro
De acordo com Edmar Rodrigues Cardoso, representante do departamento de marketing de um dos supermercados da cidade, os itens mais procurados são os panettones, aves, castanhas, vinhos, enfeites e presentes. As frutas secas e o bacalhau também figuram entre os mais procurados. O gerente de outro estabelecimento de produtos especializados lembra que os preços estão bons, mas o consumidor deve ficar atento à qualidade dos produtos. Dessa forma o ideal é experimentar antes de levar, além de procurar saber a procedência e as condições do produto.

MOVIMENTAÇÃO
Nos dias que antecedem o Natal as empresas apostam ainda na extensão do horário de funcionamento, principalmente entre os dias 20 e 24 de dezembro, véspera de natal. Grande parte do comércio apostou ainda no aumento do quadro de funcionários para garantir o atendimento nos dias de maior movimentação nas lojas e supermercados.
Apesar da grande oferta de produtos, é preciso ficar atento e pesquisar bastante na hora da compra. De acordo com uma pesquisa realizada pela Secretaria de Agropecuária e Abastecimento (SAA), o quilo do bacalhau Porto pode apresentar variação de 68,6%. Outro produto que tem boa procura são as nozes, que apresentam variação de 25,1%, com valores entre R$ 4,98 e R$ 6,23, a quantidade de 250 gramas.

CUIDADOS
Na hora das compras é importante ficar atento a qualidade dos produtos. Por isso conferir a data de fabricação e validade é fundamental, além de ter em mente se aquele prazo está dentro de suas expectativas de consumo. A cor e a textura dos alimentos também devem ser observadas. Ao escolher o produto o rótulo deve ser lido com atenção, pois deve conter informações claras, em português, sobre o peso e medida, endereço do fabricante, dados do Serviço de Atendimento ao Consumidor, além dos ingredientes e características nutricionais.
Já para os alimentos perecíveis o cuidado deve ser redobrado, pois são mais propícias a deterioração e contaminação se mal armazenados. Na hora das compras é importante deixar os alimentos congelados e refrigerados por último para que não fiquem fora de refrigeração por muito tempo.
Nos casos em que houver gelo acumulado no interior do freezer a compra deve ser evitada, pois o gelo dessa forma indica variação de temperatura, o que pode comprometer a qualidade do alimento.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.