Divinópolis

Após denúncia  livro com conteúdos de prostituição será retirado das escolas em Divinópolis

Após denúncia do vereador Eduardo Azevedo de que uma escola em Divinópolis estaria adotando livro inapropriado para o público infantil, a Superintendência Regional de Educação decidiu por retirar o livro das escolas em Divinópolis. Quem garante é o próprio autor da denúncia, que afirmou em seu pronunciamento que conversou com a superintendente Luiza Amélia nesta quinta.

Conforme a denúncia de Eduardo, o livro incentiva visitas a “cabaré”, relata pornografia e contém palavrões, o que o faz inapropriado a crianças do sexto ano, como tem sido trabalhado.

O vereador disse ainda que a superintendente reconheceu que o livro não é adequado ao público infantil escolar.

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.