Divinópolis

Produtos juninos apresentam variação de até 106% entre estabelecimentos e marcas em Divinópolis

As festas juninas fazem a alegria de muita gente nesta época do ano. E para orientar a população e fazer um levantamento do preço médio dos ingredientes e insumos para o preparo dos principais pratos e quitutes tradicionais desta época do ano, o Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômico Sociais (NEPES) da Faculdade Una Divinópolis preparou uma pesquisa com a variação de preços entre os produtos e estabelecimentos da cidade.
De acordo com o levantamento, o item com a maior variação no preço foi a maçã, registrando 106%. O maior preço encontrado por quilo foi R$ 16,48, e o menor, R$ 7,99. O preço médio para a maçã foi de R$ 10,99 o quilo. A salsicha, ingrediente principal do tradicional cachorro-quente, apresentou preço médio de R$ 13,42/kg, sendo o maior valor encontrado por quilo R$ 18,70 e o menor, R$ 9,49, uma variação de 97% entre os estabelecimentos e marcas pesquisadas. Outros itens que apresentaram variação superior foram a mandioca (78%) e o fubá́ de milho (73%). O preço médio para esses produtos foram R$ 6,95 e R$ 5,55, respectivamente.
A pesquisa também apresenta que o coco ralado, pacote de 100 gramas, foi cotado a R$ 5,99 o maior valor e, R$ 3,59 o menor. Uma variação de 67% e um preço médio de R$ 4,67. O pacote de amendoim inteiro de 500 gramas apresentou variação de 57%. O menor preço encontrado foi de R$ 7,98, e o maior R$ 12,49. O leite condensado, embalagem de 395 gramas pode custar de R$ 4,99 a R$ 7,79, uma diferença de 56%.

Outros ingredientes
A batata palha, pacote de 100 gramas, apresentou preço médio de R$ 6,31. Sendo encontrada de R$ 5,39 a R$ 6,99, uma variação de 30% entre os estabelecimentos e marcas pesquisadas. Outros ingredientes tradicionais das receitas juninas que apresentaram variação superior a 20% entre as marcas e estabelecimentos pesquisados, foram: o milho em conserva (29%), a canjica amarela (26%), a canjica branca (23%), o amendoim torrado e moído (20%) e o milho de pipoca (20%).
Dentre os itens pesquisados que apresentaram as menores variações nos preços, estão o leite (16%), o pão de cachorro-quente (16%), o feijão (15%), o bacon (12%), o açúcar (9%) e a linguiça calabresa (4%).

Especialista
Para o coordenador da pesquisa, professor Wagner Almeida, já era esperado que os preços dos produtos estivessem mais caros este ano em relação a 2021, devido aos choques climáticos que o país enfrentou como, a crise hídrica, o frio e o excesso de chuvas no início deste ano.
“Todos esses fatores contribuíram para pressionar a alta dos preços, principalmente os hortifrutigranjeiros. No geral todos os produtos alimentícios subiram, com destaque também para os industrializados, que tem mais etapas de processamento e frete. E diante do conflito entre Rússia e Ucrânia a situação piorou ainda mais em função da alta no preço dos combustíveis”, explicou Wagner.
Ainda segundo o especialista, a maioria dos produtos tradicionais das receitas juninas não tem substitutos próximos, dessa forma quem quiser saborear e preparar os quitutes caseiros marcantes dessa época do ano driblando o impacto no bolso deve seguir algumas dicas.
“Pesquisar preços em diferentes estabelecimentos, dar preferência a marcas menos conhecidas e de menor valor, ou reunir um grupo de amigos e comprar no atacado para conseguir descontos podem ser soluções para aproveitar as festas sem interferir no bolso”, ressaltou.

Levantamento
Para este levantamento considerou-se 3 diferentes marcas para os produtos pesquisados, sendo uma intermediaria, outra de valor inferior e outra de valor superior. Exceção nos estabelecimentos que apresentaram falta ou tinham apenas uma marca. Foram levantados os preços de 19 itens que fazem parte das principais receitas juninas. A coleta de informações aconteceu entre os dias 14 a 17 de junho de 2022 em 05 diferentes supermercados com representatividade em Divinópolis.

Nota
Este levantamento não tem a intenção de apresentar a variação histórica no nível de preços dos produtos que compõe as receitas juninas por não possuir dados relativos ao mesmo período do ano anterior. Sendo assim, limitou-se somente a apresentar a média de preços praticados pelos estabelecimentos em Divinópolis no período.

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/BkejgH7eyb568gp8m9fnlW

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.