Cultura

Programa Harmonia, da Rede Minas, exibe o documentário “Sinfonia da Presença”

Filme mostra o impacto da Covid-19 na vida e no trabalho dos músicos da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais (OSMG).

“Todo artista tem de ir aonde o povo está”. O verso de Milton Nascimento representa a necessidade do palco e da plateia. A abstinência dos espetáculos provocada pela pandemia atingiu os musicistas da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. O processo doloroso, mas também criativo, foi registrado pelas câmeras e apresentado em documentário. “Sinfonia da presença”, de Alysson Rodrigues, retrata o período em que a orquestra continuava seguindo a batuta do maestro, mas se reinventando devido à reclusão, até o reencontro com o público. A obra é exibida, na íntegra, no programa Harmonia, da Rede Minas, neste sábado (14).

O documentário “Sinfonia da presença” apresenta, entre notas e melodias, o depoimento dos musicistas. Nos relatos, falam sobre a rotina, relembram a entrada no grupo e contam sobre a expectativa do retorno. Enquanto todos ansiavam para a volta, um dos membros chegava. A fagotista Isadora Sodré, única mulher trans que ingressou na OSMG durante a pandemia, compartilhou suas expectativas em depoimento.

A obra traz o relato de alguns artistas que compartilharam o drama de quem foi vítima direta do vírus. Alexandre Kanji, spalla da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, vivenciou o luto pela perda de seus pais durante a pandemia, vítimas da Covid-19. O violonista Willian Barros, há quase 30 anos na Sinfônica, conta sobre o processo de recuperação e o medo de não tocar mais. “De repente, o violino parecia apenas um pedaço de pau ou um objeto estranho que eu nunca tinha segurado antes”, falou sobre o processo de recuperação.

Além do filme, o Harmonia traz, em primeira mão, a interpretação de uma obra inédita do maestro, compositor mineiro e integrante da OSMG Rogério Vieira, intitulada “Sinfonieta solene” (para metais & percussão).

Sobre a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais
Considerada uma das mais ativas do país, a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais foi criada em 1976 e declarada Patrimônio Histórico e Cultural do estado, em 2013. Seu atual regente titular é Silvio Viegas.

Apresentado por Luciano Correia, o programa Harmonia vai ao ar neste sábado (14), às 19h, pela Rede Minas e pelo site da emissora: redeminas.tv.

Serviço:
Harmonia
Apresentação: Luciano Correia
Sábado, às 19h, com reapresentação aos domingos, às 22h
Rede Minas e site da emissora: redeminas.tv

Fonte: SECULT-MG.

Receba as reportagens do Portal G37 em primeira mão através do nosso grupo de WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/JEF0r6T7bCI9Szd7ruFmuE

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Bloqueador de Anúncio Detectado

Nosso conteúdo é gratuito e o faturamento do nosso portal é proveniente de anúncios. Desabilite o seu bloqueador de anúncios para ter acesso ao conteúdo do Portal G37.